Continuando com a nossa série de matérias com jogos do herói escalador de paredes, em comemoração à estreia do seu novo filme “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”, temos em pauta agora o clássico “Spider-Man and Venom: Maximum Carnage“, um beat’em up lançado para Mega Drive em 1994 – e caso você não tenha visto nosso post anterior, clique aqui para saber mais de “Spider-Man vs The Kingpin”!

Desenvolvido pelo estúdio Software Creations, esta nova aventura é baseada na saga das HQs “Maximum Carnage” (Carnificina Total no Brasil), publicada em 14 partes e que reúne vários heróis e vilões do universo do Amigão da Vizinhança, com história focada no vilão Carnificina. Caso você seja um colecionador, saiba que as primeiras edições do jogo tiveram seus cartuchos na cor vermelha, e hoje são peças raras – mais raro ainda é o Box especial lançado em 1994, confira aqui.

cutscenes retiradas direto das HQs

Carnificina Total

A história segue o que foi mostrado nos quadrinhos (inclusive com cutscenes reproduzidas diretamente dos gibis), mostrando o psicótico Carnificina fugindo da prisão e reunindo uma gangue de vilões tão loucos quanto ele para espalhar o caos e terror na cidade de Nova York. Estão com ele Shriek, Carniça, Duende Demoníaco e a criatura Contraparte-Aranha. (Doppelganger no original, uma versão maligna do Aranha).

Por sua vez, para impedir o derramamento de sangue pela cidade, o cabeça de teia convoca alguns heróis para ajudá-lo a combater os vilões, como o Capitão América, Gata Negra, Punho de Ferro, Manto e Adaga, Deathlok, Morbius, Flama e Nightwatch (todos invocados por um breve instante via um item especial durante o jogo), assim como a parceria inusitada com o vilão Venom, que se sente responsável pela criação do Carnificina (ele é uma cria do simbionte negro).

Que comece a pancadaria!

O game começa com o Homem-Aranha, mas após algumas fases será possível escolher também o Venom, com direito a cenários exclusivos, o que é excelente para revisitar a aventura. Infelizmente não é possível jogar com dois jogadores simultâneos, com cada um controlando um personagem, o que seria muito legal!

A jogabilidade segue a cartilha dos grandes clássicos do gênero como “Streets of Rage”, com socos, chutes e voadoras para distribuir nos marginais, abrir caminho e enfrentar um chefão no final da fase. A vantagem é que além disso, os personagens podem levantar objetos pesados para atacar nos inimigos, escalam paredes, soltam teias, etc. O Venom é um pouco mais forte, enquanto o Aranha é mais ágil.

Eles também podem chamar outros heróis na hora do aperto, que possuem golpes variados e que funcionam eficientemente de acordo com os inimigos – teste todos para ver o que cada um faz e para saber quando e onde usar.

Visualmente o jogo não faz feio, com destaque para as boas e variadas animações dos dois protagonistas. Infelizmente faltou um pouco mais de criatividade no resto dos inimigos, mas os cenários de fundo são bacanas, em sua maioria retratando a cidade de Nova York com ruas, prédios, parques, com um tom artístico que lembra as páginas de um gibi – inclusive com onomatopeias durante os golpes.

A trilha sonora, composta pela banda de heavy metal Green Jelly, dá um toque especial e é muito bem elaborada, combinando com a atmosfera do jogo, com temas de rock pesados e empolgantes que embalam o jogador durante a pancadaria – tem até o clássico The Mob Rules do Black Sabbath nele!

Algo que chama a atenção em “Maximum Carnage” é a sua elevada dificuldade, que pode dar umas boas dores de cabeça, especialmente por não possuir saves ou passwords. A cada novo cenário a quantidade de inimigos aumenta, assim como a força deles em arrancar a sua energia, enquanto o seu personagem não evolui, sendo o mesmo do começo ao fim.

O jogo é longo com 25 fases no total, com uma jornada intensa e árdua que vai exigir bastante do gamer, que terá que dominar os golpes (procure sempre estar em movimento) e procurar por salas secretas que possuem vidas e energias (que não aparecem muito no trajeto normal). Apesar de estar no controle de personagens super-poderosos, espere levar boas surras até pegar o jeito.

Maximum Carnage” é uma excelente opção para você gamer que curte os clássicos de pancadaria 2D. Apesar de não ser perfeito, é um jogo que pode proporcionar horas de diversão e um desafio hardcore para super-herói  nenhum botar defeito. Com uma trilha sonora fantástica e uma jogabilidade sólida, assuma o comando do herói aracnídeo ou de seu terrível inimigo Venom e restaure a paz na cidade de Nova York mandando o Carnificina para trás das grades!

  • Marcelo Cleto

    Tectoy e quanto a atualização do novo mega drive???

  • Mario

    Jogão difícil da po##@!

  • And

    Jogo muito bom, infelizmente nunca consegui terminar na época, vou ver se consigo agora com o novo Mega!