Categoria

Games

Categoria

Confira 5 Curiosidades de Jogos da Sega!

O mundo dos videogames é cheio de curiosidades, mitos e lendas, e com a Sega e seu jogos não poderia ser diferente! Separamos aqui cinco fatos curiosos de alguns de seus games que talvez muita gente não saiba. Confira: Sonic the Hedgehog 2 – Estágio Secreto Antes do seu lançamento, várias revistas divulgaram imagens de Sonic 2 que mostrava o lendário estágio secreto Hidden Palace Zone, que não aparece na versão final do jogo – mas traços da sua existência estão presentes no cartucho original. Uma versão completa desse cenário apareceu na versão para celulares de “Sonic 2”. Altered Beast – Chicken Leg Quem jogou o clássico Golden Axe certamente se lembra do bizarrian Chicken Leg, a criatura que servia de montaria para os nossos heróis bárbaros. Porém, um ano antes do Machado Dourado aparecer nas casas de fliperama, nosso amigo rosado já havia aparecido como inimigo em outro jogo:…

Das HQs para o Megão! Veja 5 jogos baseados em heróis da Marvel Comics!

Como já falamos aqui no blog sobre alguns jogos baseados em super-heróis da editora DC Comics, agora chegou a vez dos games da sua grande rival nos quadrinhos, cinemas e TV: a Marvel Comics. Conhecida pelos fãs como a “Casa das Ideias”, a editora foi o berço de inúmeros heróis populares como o Homem de Ferro, Capitão América, Homem-Aranha, Hulk, entre vários outros, sendo o seu principal fundador/criador o lendário quadrinista Stan Lee, que hoje tem 94 anos e faz participações especiais em todos os filmes inspirados nos heróis da editora. Separamos aqui para os nossos leitores cinco jogos baseados nesses icônicos personagens e lançados para o nosso querido Mega Drive: The Punisher Em 1993 a Capcom lançou nos arcades um beat’em up baseado no anti-herói Justiceiro, co-estrelando o super agente da SHIELD Nick Fury (versão original), em uma missão para acabar com o Rei do Crime e sua organização…

Sega planeja o renascimento de grandes franquias clássicas

A Sega revelou, através do seu relatório fiscal “Road to 2020”, que planeja o “renascimento de grandes IPs”, como parte da estratégia de crescimento para os próximos anos. Segundo a empresa, um dos grandes desafios será criar mais “sucessos mundiais”, revivendo franquias clássicas do passado (junto com as atuais), para desenvolvimento em consoles, dispositivos mobile e PC, com lançamento mundial simultâneo. Além disso, o relatório também informa que “Persona 5” e “Total War: Warhammer” tiveram boas vendas no ano fiscal encerrado em 31 de março de 2017, com um número total de unidades vendidas de seus games de 10,28 milhões, superando o valor do ano passado. Infelizmente a empresa não mencionou quais IPs clássicas estarão voltando, mas quais delas você gostaria de ver ressurgindo na geração atual? Clássicos como “Golden Axe”, “Streets of Rage”, “Shinobi”, “Altered Beast”, entre outros, é que não faltam!

Das HQs para o Megão! Veja 5 jogos baseados em heróis da DC Comics!

A DC Comics é uma das maiores editoras do  mundo atualmente, atuando não apenas nos quadrinhos mas também no cinema, televisão e claro, videogames. Com uma enorme lista de super-heróis idolatrados, como Superman, Batman e Mulher Maravilha, a empresa começou a investir no entretenimento eletrônico nos anos 80/90, e o nosso querido Mega Drive não ficou de fora dessa festa, sendo a casa para alguns dos heróis da companhia. Aproveitando as estreias dos filmes “Mulher-Maravilha” e “Liga da Justiça” em junho e novembro, respectivamente, confira a nossa lista de alguns games do Megão  baseados em personagens da DC Comics: Superman Em 1992 a saudosa Sunsoft lançou para o Mega Drive “Superman”, game baseado nas histórias de um dos maiores heróis da editora, no tradicional estilo arcade plataforma 2D, onde o jogador deve controlar o último filho de Krypton e percorrer cinco fases para derrotar o terrível vilão Brainiac – entre…

#MEGAENTREGA: Veja unboxing do novo Mega Drive por Luciano Amaral

Para quem está curioso acerca do novo Mega Drive, que foi lançado nesta sexta-feira, trazemos aqui um vídeo de unboxing feito pelo Luciano Amaral. Veja: Na última quinta-feira, dia 4 de maio, a Tectoy realizou um evento em São Paulo para comemorar os 30 anos da empresa e também celebrar sua parceria com a Sega. Entre as ilustres presenças estavam o CEO da Tectoy, Tomás Diettrich, o sócio fundador e atual presidente do conselho de administração da empresa, Stefano Arnhold, o vice-presidente executivo da Sega Sammy Holdings, Tsurumi Naoya, além de outras personalidades. Saiba mais aqui!

Tectoy e Sega comemoram 30 anos juntas em evento realizado em São Paulo

Na última quinta-feira, dia 4 de maio, a Tectoy realizou um evento em São Paulo para comemorar os 30 anos da empresa e também celebrar sua parceria com a Sega. Entre as ilustres presenças estavam o CEO da Tectoy, Tomás Diettrich, o sócio fundador e atual presidente do conselho de administração da empresa, Stefano Arnhold, o vice-presidente executivo da Sega Sammy Holdings, Tsurumi Naoya, além de outras personalidades. Durante o bate-papo mediado pelo apresentador Luciano Amaral, foi contado um pouco sobre a relação entre a Sega e a Tectoy, que já dura três décadas. Tsurumi Naoya comentou a respeito da fundação da Sega of America e da confiança que ela tinha com a Tectoy, estando muito feliz com a celebração do 30º aniversário desta parceria e também com o lançamento do novo Mega Drive. Stefano Arnhold contou uma curiosidade interessante, na qual explicou o motivo que levou a Tectoy a…

Para Colecionador! 5 Jogos Raros do Mega Drive!

Como já vimos em entrevistas com alguns fãs da Sega/Tectoy, o hobby de colecionar pode acabar se tornando um vício salgado para o bolso ao longo do tempo. E isso acontece justamente pelo desejo de se adquirir um produto bem conservado e de excelente qualidade – e quanto mais raro, maior a tentação e o preço. E é justamente de games raros que vamos falar no post de hoje, onde apresentaremos cinco títulos que provavelmente o seu Mega Drive jamais verá, seja pela dificuldade de se encontrar ou pelos seus altos valores. Venha conosco e confira se já sabia da existência dessas raridades: Phantom 2040 Box Set Devido a grande popularidade do herói dos quadrinhos Fantasma na Austrália, a Sega lançou um Box Set limitado do jogo baseado na animação Phantom 2040, lançado em 1995. Além do jogo (com caixa e manual) a edição traz também adesivos colantes (que brilham…

O Megão também tem! Confira 5 jogos FPS lançados no console!

Os jogos do gênero FPS (tiro em primeira pessoa), que hoje em dia são tão populares, tiveram sua grande explosão nos computadores na década de 90, sendo representados principalmente pelos antológicos “Wolfenstein 3D” e “Doom”. Nos consoles esse estilo começou a firmar suas bases na geração 32 Bits, que tinha um poder de processamento maior e mais compatível com o gênero, mas isso não significa que a geração anterior não tenha tido os seus representantes, especialmente o nosso querido Megão! Obviamente o gênero estava muito acima da capacidade dos 16 Bits, tornando impossível adaptações fieis aos jogos originais. Mesmo assim, algumas empresas foram ambiciosas e tentaram se aventurar nesse segmento, confira abaixo cinco títulos FPS para o Mega Drive! Corporation/Cyber-Cop Cyber-Cop, também conhecido como Corporation, foi lançado originalmente no computador Amiga em 1990 e é considerado um dos precursores dos jogos FPS. Ele recebeu uma conversão no Mega Drive pela…

Bonanza Brothers – Brincar de Polícia e Ladrão nunca foi tão divertido!

“Bonanza Brothers” foi lançado originalmente nos arcades em 1990 e posteriormente para outros sistemas, entre eles o Master System e Mega Drive. Você controla os irmãos Mobo e Robo, que dependendo da versão ocidental ou oriental, podem ser uma dupla de assaltantes ou dois profissionais que estão testando aparelhos de segurança e ajudando a polícia a recuperar evidências de crimes. Independente da versão, o objetivo é o mesmo: se infiltrar em edifícios, coletar/roubar todos os itens e evitar ser detectado pelos guardas e alarmes de segurança antes do tempo acabar. O jogo se destaca pela combinação criativa de doses de ação com estratégia, uma vez que o jogador precisa ser cauteloso para avançar pelos níveis do game, que incluem museus, mansões, lojas, cassinos, antiquários, navios de cruzeiro e até uma pirâmide. Com uma perspectiva lateral, os gatunos podem usar armas para atordoar temporariamente os guardas ou, usar o próprio cenário…

Gameplays do Mega Drive da Tectoy numa TV de Tubo

Para os jogadores que querem saber mais sobre o novo Mega Drive (lançado recentemente pela Tectoy), separamos aqui diversos vídeos com gameplays capturados diretamente da tela de uma TV de tubo de 14 polegadas. Assim o jogador pode ver, nos mínimos detalhes, o que o sistema pode fazer. Os jogos estão rodando em forma de cartucho e/ou no formato ROM, demonstrando que o console já está pronto para o uso de todo e qualquer fã do Mega Drive. Vamos dar uma olhada no trabalho da Tectoy nestas gameplays exclusivas: https://youtu.be/uOIUfR7iIzs Sub-Terrania Título desenvolvido pela Zyrinx e publicado pela Scavenger em 1993, onde o jogador controla uma espécie de nave num cenário subterrâneo. Tenha cuidado com a gravidade, pois ela fará o jogo se tornar bem difícil em seus controles. https://youtu.be/oteOTepKu1Y Golden Axe II Continuação do clássico lançado anteriormente, o título traz de volta Ax Battler, Tyris Flare e Gilius Thunderhead…

Conheça as incríveis pinturas de Boris Vallejo e Julie Bell que serviram de capa para jogos clássicos

Você talvez não saiba quem é Boris Vallejo, mas se é fã de games é muito provável que já tenha visto seu incrível trabalho de ilustrador em games clássicos como “Golden Axe II”, “Golden Axe III”, “Ecco the Dolphin” e “Phantasy Star IV”. Nascido em Lima, Peru, em 1941, Vallejo começou a fazer ilustrações aos 13 anos e teve seu primeiro trabalho profissional apenas com 16. Ele frequentou a Escola Nacional de Belas Artes do Peru antes de imigrar para os Estados Unidos em 1964, onde trabalhou com personagens de quadrinhos populares da época como Tarzan, Conan o Bárbaro, Doc Savage e vários outros personagens, em sua maioria com temas de fantasia e ficção científica. Boris Vallejo Não demorou muito para que o artista ficasse bem conhecido pelo seu estilo surrealista/hiper-realista, com destaque para personagens musculosos e mulheres voluptuosas – em especial bárbaros, mulheres guerreiras, bruxas e monstros. Logo surgiu…

Golden Axe III – Novos guerreiros em busca do Machado Dourado!

Lançado originalmente em 1993, “Golden Axe III” foi o último jogo da série a aparecer no Mega Drive, não causando tanto impacto no mercado por causa do seu lançamento restrito ao Japão e alguns países asiáticos. O título só chegou ao ocidente para quem tinha o Sega Channel ou anos depois em coletâneas da Sega para videogames como PlayStation 2 e PSP. Essa terceira edição trouxe mudanças bem significativas para o padrão da série no console, a começar pelos quatro novos personagens selecionáveis, sendo que dos clássicos apenas o anão Gilius Thunderhead faz uma participação como NPC. A aventura está bem mais longa, agora com a possibilidade de se escolher os trajetos dos heróis, que possuem uma maior quantidade de golpes e inclusive com interação entre os dois jogadores, como em “Streets of Rage”. A dificuldade também está bem mais elevada e temos agora dois finais diferentes. Em busca do Machado…

As tartarugas, o rato, o mal amado e o chiclete, vamos falar um pouco de Tartarugas Ninjas – Hyperstone Heist

A Febre das Tartarugas Falar de Tartarugas Ninjas é remeter-se completamente ao passado, mais precisamente ao início da década de 1990, onde estes adoráveis répteis tinham uma fama invejável, seja nos EUA ou no Brasil. Na televisão elas mandavam muito bem, com um desenho animado que fazia qualquer criança sonhar em virar um ninja, para o desespero de pais e mães por todo o país. No cinema elas seguiam com o mesmo nível de sucesso, sendo que em 1990 o primeiro filme delas saiu em cartaz no mundo inteiro, causando uma comoção sem igual, um verdadeiro Turtle Time nos quatro cantos do globo com uma meninada ensandecida gritando Cowabunga a plenos pulmões. O filme fez tanto sucesso que é considerado, ainda hoje, a segunda maior produção independente já feita com uma bilheteria mundial de 202 milhões de dólares. Pode parecer pouco, mas ele custou “apenas” 13 milhões de dólares para ser feito.…