Categoria

Games

Categoria

Super Street Fighter II – Que venham os novos desafiantes para o Torneio dos Campeões!

Lançado originalmente nos fliperamas em 1993 (estreando a nova placa da Capcom CPS2), “Super Street Fighter II: The New Challengers” chegou às mãos dos donos de um Mega Drive apenas em julho de 1994 com um incrível cartucho de 40 Megabits – o maior jogo oficial lançado para o console (que foi superado por Pier Solar e mais recentemente Paprium, ambos da produtora WaterMelon com 64 e 80 megabits, respectivamente). Em comparação com “Street Fighter II: Special Champion Edition”, lançado um ano antes no 16 Bits da Sega, o novo título traz várias e bem-vindas novidades, sendo as principais os quatro novos personagens, como já revela o título. https://www.youtube.com/watch?v=jh4GcQwJE6Y introdução curta, mas inesquecível do jogo! Os novos desafiantes são: Cammy: Uma agente das forças especiais britânicas que s ofre perde de memória e que está prestes a descobrir a verdade sobre o seu surpreendente passado. T. Hawk: O gigante guerreiro indígena…

Mestre Ninja Supremo enfrenta sua derradeira aventura nos 16 bits!

A série Shinobi foi uma das mais importantes que carregaram a bandeira da Sega e do Mega Drive durante os anos 90, como já vimos aqui em nossas matérias sobre “The Revenge of Shinobi” e “Shadow Dancer”. Em 1993 chegava o terceiro capítulo da saga do ninja Joe Musashi, chamado “Shinobi III: Return of the Ninja Master” (ou The Super Shinobi II no Japão). O desenvolvimento do jogo sofreu vários problemas e atrasos, que só foram resolvidos com a chegada do diretor Tomoyuki Ito – veja mais detalhes da produção do game nesta entrevista com o game designer. Assim que foi lançado, “Shinobi III” logo agradou ao público e crítica e se tornou um dos maiores sucessos do Mega Drive. O jogo é tão divertido e tão cheio de qualidades, que muitos até consideram este o melhor título da série Shinobi. A boa fama do game é mais do que…

“X-Women: The Sinister Virus”, o 3º jogo dos X-Men para Mega Drive que foi cancelado

O Mega Drive contou com dois excelentes games estrelando os famosos mutantes da Marvel Comics, “X-Men” e “X-Men 2: Clone Wars”, lançados para o console em 1993 e 1995 respectivamente. Mas, o que provavelmente muita gente não sabe, é que um terceiro título chamado “X-Women: The Sinister Virus” estava previsto para 1996 – já no fim da era 16 Bits. Como o nome já revela, “X-Women” era um jogo estrelado totalmente pelas mulheres mutantes dos X-Men, com produção da Sega e da Clockwork Tortoise (do ótimo The Adventures of Batman & Robin) e que prometia ser um game incrível. Infelizmente o título foi misteriosamente cancelado, até hoje por motivos desconhecidos, e a Clockwork Tortoise fechou as portas no início de 1997 e nunca mais se ouviu falar do game. Naquela época as atenções estavam voltadas para a nova geração de 32 Bits, com o PlayStation e o Saturn, e vários jogos…

DirectX por causa de O Rei Leão? Essa e outras curiosidades muito loucas sobre o game de 94!

O remake do filme de O Rei Leão “está aí” e, aproveitando este embalo, nós já fizemos uma análise aqui no Blog Tectoy sobre o jogo de 1994 que se baseava no longa metragem original. No entanto, há algumas curiosidades “pra lá” de interessantes sobre o jogo com o Rei das Selvas que ainda não exploramos. Há um glitch na segunda fase que te coloca em uma ilha onde é impossível prosseguir no jogo, já que você ficará preso para sempre (vídeo abaixo). Caso aconteça, terás de resetar o jogo. O compositor do game, Frank Klepacki, recebeu uma carta do Hans Zimmer, o músico do longa-metragem original de 1994 (também responsável pelo Live Action), parabenizando-o pela trilha sonora do jogo; De acordo com um vídeo disponibilizado no YouTube onde o compositor citado anteriormente zera o próprio game, a ideia original da fase “Simba´s Pride” era que os macaquinhos jogassem fezes…

The Lion King – Ajude Simba nesta aventura digna do Rei das Selvas!

Lançado em dezembro de 1994, o jogo do O Rei Leão veio na carona no sucesso avassalador de uma das melhores animações da história da Disney até hoje – o filme foi lançado originalmente em junho do mesmo ano. Com a versão live-action nos cinemas, vamos relembrar este clássico dos 16-bits. As principais plataformas que receberam o game foram o Mega Drive (que chegou a ser vendido junto com o console por um tempo) e o Super Nintendo, que na época estavam em uma disputa acirrada pela dominação do mercado de 16 Bits. Mas o game também recebeu versões para outras plataformas como o NES, Game Boy, PC, Amiga, Master System e Game Gear (com uma versão tão boa quanto aos dos 16 Bits!). A versão do Mega Drive contou com produção das empresas Westwood Studios (da franquia Command & Conquer), Disney Software e da Virgin Games, o que garantiu…

Crystal’s Pony Tale – Ajude Crystal a salvar seus amigos pôneis neste jogo educacional para crianças!

Pôneis são animais fofos e que atraem a atenção principalmente das crianças, que se encantam e adoram brincar com eles. E foi pensando nesse público infantil que a desenvolvedora Artech Studios lançou para o Mega Drive em 1994 “Crystal’s Pony Tale”, estrelando os adoráveis bichinhos. O jogo, recomendando para crianças de 4 a 7 anos, tem como protagonista a pônei rosa (suas cores podem ser alterada a qualquer momento pelo jogador) chamada Crystal, que tem como missão salvar seus amiguinhos que foram aprisionados pela Bruxa Tempestade e que agora controla todo o reino de Poneyland. Agora cabe ao jogador ajudar a nossa brava heroína de quatro patas a desbravar um mundo encantado e enfrentar os mais malvados inimigos e armadilhas para libertar todos das mãos da bruxa malvada. É claro que, como sendo um jogo indicado para o público infantil, suas mecânicas são bem simples e acessíveis. Inclusive, Crystal não…

Sonic Blast – exclusividade dos brasileiros no Master System!

Lançado originalmente para o Game Gear em todo o mundo em 1996, o Sonic Blast chegou ao Master System no mercado brasileiro um ano depois graças ao esforço da Tectoy.  Apesar do nome semelhante ao 3D Blast para Mega Drive, trata-se de uma aventura totalmente diferente. No entanto, também foi a despedida do azulão para os oito bits. A história é praticamente a mesma de sempre para os games dessa época: Dr.Eggman quer dominar o mundo e resolve atirar um raio laser no Sonic enquanto ele tira um cochilo. No entanto, ele acidentalmente quebra uma Esmeralda do Caos em cinco pedaços que se espalham pela Ilha do Sul. Apesar de ter falhado em seu objetivo, ele resolve utilizar os fragmentos para fortalecer a sua base aérea, o Castelo de Prata. Enquanto o azulão se preparava pra procurar os pedaços, Knuckles aparece e entende toda a situação, e ambos resolvem partir…

Zero the Kamikaze Squirrel: shurikens e pancadaria com um esquilo badass

A década de 90 foi marcada pela presença de diversos mascotes aventureiros e foi nesta onda que surgiu a franquia Aero The Acro-Bat. O sucesso foi tanto que o rival de Aero, Zero, ganhou o seu próprio game: uma aventura spin-off que ocorre entre o primeiro e segundo título da franquia principal. Zero the Kamikaze Squirrel, coloca Zero numa aventura de volta a sua terra natal. Após receber uma carta de sua ex-namorada, Ammy, Zero descobre que Jacques Le Sheets invadiu Stony Forest e está cortando as árvores locais com o objetivo de transforma-las em papel para imprimir dinheiro falso. A aventura começa quando Zero está chegando na ilha e seu avião é abatido. O protagonista se destaca com seu visual badass consagrado pelo cinema da época, com bandana, jaqueta aberta, calça jeans e botas. Em outras palavras, não temos um personagem “fofo” como em outros games, mas sim um…

Nights into Dreams – Voe pelos céus coloridos neste clássico do Sega Saturn!

Lançado em 5 de julho de 1996 para o Saturn (portanto completando 23 anos hoje!), “Nights into Dreams…” marcou os fãs da Sega como o primeiro jogo da Sonic Team que não era estrelado pelo ouriço azul, trazendo novamente a dupla Yuji Naka como produtor e líder de programação e Naoto Oshima como diretor e designer de personagens (ambos criadores de Sonic). Na história, os jogadores assumem o papel de Claris ou Elliot, duas crianças que vivem na cidade de Twin Seeds. Em seus sonhos, eles entram no mundo de Nightopia, onde todos os sonhos humanos são realizados. O problema é que uma criatura maligna conhecida como Wizeman está reunindo poder para assumir o controle de Nightopia e eventualmente o mundo real. Para isso ele criou numerosas criaturas chamadas “Nightmaren”, incluindo dois seres acrobatas capazes de voar chamados NiGHTS e Reala. NiGHTS acaba se rebelando contra os planos de Wizeman,…

Genesis Does What Nintendon’t – Criando uma campanha publicitária genial!

Como a maioria dos fãs deve se lembrar, a indústria de videogames nos anos 90 foi marcada pela guerra travada entre Sega e Nintendo e seus respectivos consoles 16 Bits. No final das contas, o grande vencedor foi o consumidor, que ganhava jogos cada vez melhores e com preços mais acessíveis. A Nintendo dominou o mercado mundial de 8 Bits, mas a Sega chegou decidida a emplacar o Mega Drive no mercado, algo que conseguiu com sucesso no Estados Unidos – o maior mercado de games da época, junto com o Japão. Mas tal empreitada não foi fácil para o Sega Genesis (como era conhecido o Mega Drive nos EUA), e para isso a Sega of America (SoA) teve que mudar totalmente suas campanhas de Marketing e Publicidade, antes usadas para o Master System, para conquistar o público norte-americano. Michael Katz era o CEO da SoA quando o Genesis foi…