Categoria

Palavra de Fã

Categoria

Confira a incrível coleção de Ricardo Wilmers, fã da Sega/Tectoy!

Saudações pessoal! Hoje trazemos uma entrevista muito legal com o Ricardo Wilmers, um colecionador de games e super fã dos sistemas da Sega/Tectoy. Não perca mais tempo e confira abaixo a incrível coleção dele! Olá Ricardo, tudo bem? Faça sua apresentação para os nossos leitores. Olá a todos, me chamo Ricardo Wilmers, tenho 40 anos sempre gostei de videogames, mas hoje em dia não jogo muito, sou fanático pela Sega, principalmente pelos consoles Game Gear, Master System e Mega Drive e adoro a TecToy. Como começou a sua vida de gamer? No início da década de 80, eu e meus irmãos ganhamos de presente de natal um Atari 2600 e mais tarde, quando a Tectoy lançou no Brasil o Master System ficamos super ansiosos para termos um. Nossos pais juntaram algumas economias e nos deram de presente um Master System, e este foi nosso videogame por alguns anos. Lembro-me de…

Conheça Maicon Barbosa, fã que montou a sua própria Locadora Gamer em casa!

Estamos de volta com mais uma entrevista especial, desta vez conversamos com Maicon Barbosa, um gamer paulista super fã de videogames, incluindo claro, os saudosos sistemas da Sega/Tetoy. Nosso amigo aqui inclusive realizou o sonho de muitos gamers da geração anos 80/90: montou a sua própria locadora de games em casa! Quem viveu aquela época certamente lembra com carinho e nostalgia a espera pelo fim de semana (por que no meio da semana a mãe brigava e mandava estudar) para alugar dois jogos ou mais para só devolver na segunda-feira – exceto lançamentos, que valiam apenas por um dia! Muito legal, não é? Conheça mais sobre o Maicon e de sua história com games em nossa entrevista abaixo: Olá Maicon, comece fazendo sua apresentação pessoal para os nossos leitores te conhecerem melhor. Me chamo Maicon, tenho 33 anos, trabalho com games há exatos 13 anos, minha grande paixão. Em 2015,…

Guerra do Golfo inspira mais um jogo indie criado por brasileiro para o Mega Drive

Então pessoal, vocês estão curtindo as nossas entrevistas com a galera fã da Sega e da Tectoy? Hoje batemos um papo com o Ivan Odintsoff, que trabalha “oficialmente” como analista de sistemas, mas que nas horas vagas é um desenvolvedor de games. E um desses títulos é “Tropical Rampage”, um jogo que segue o estilo clássico de “navinha”, um dos gêneros em que nosso querido Megão é mais conhecido! Confira nossa entrevista e saiba mais desse projeto abaixo: Conte para nós sobre o projeto Tropical Rampage. Bem, é um projeto que já estou tocando tem alguns anos. Eu estou fazendo no estilo shooter como “Tiger Heli” e semelhantes. Já faz uns anos que ando estudando um SDK de desenvolvimento para Mega Drive, e com meu tempo vago vou fazendo ele. Até as artes da caixa já tenho prontas, foram feitas pela minha amiga Marcella Santos. E de onde saiu essa ideia…

Entrevista com Luiz Nai do estúdio indie brasileiro Titan Game Studios, que aposta nos consoles da Sega!

Conversamos com Luiz Fernando Nai Ribeiro, um grande fã da Sega e um dos redatores do site SegaNerds, além de também atuar como programador do estúdio indie brasileiro Titan Game Studios, formado em 2016 e que tem como meta principal lançar e incentivar a produção de games 100% nacionais para os saudosos consoles da Sega. Atualmente o estúdio está desenvolvendo o jogo “Survival Code” para os consoles Sega Saturn, Dreamcast e também para smartphones. Saiba mais desse empreendimento em nossa entrevista abaixo: Fale um pouco mais sobre seu projeto Survival Code. É um jogo pra celular, Sega Saturn e Dreamcast. Estou há uns seis meses trabalhando na engine, fechando os últimos detalhes agora! Conte um pouco de você e sua história gamer. Você mesmo que criou a engine? Por que trabalhar com consoles tão antigos? O que exatamente você pretende lançando o jogo em plataformas digamos, mortas? Então, eu escrevo…

Mega Drive + Heavy Metal – Conheça MegaDriver, a banda brasileira de puro Game Metal!

Se você é um daqueles jogadores que adora ouvir trilhas sonoras de videogames, certamente já deve ter se deparado com a banda brasileira chamada MegaDriver, que surgiu em Piracicaba, no interior de São Paulo. Formada pelo guitarrista Antonio “Nino Megadriver” Tornisiello no começo dos anos 2000, o grupo ganhou destaque no cenário cultural brasileiro por tocar versões Heavy Metal de jogos clássicos, em especial os da Sega/Mega Drive, pela qual o músico possui um carinho especial. Nesses mais de 10 anos de carreira, a MegaDriver já lançou vários álbuns (todos disponíveis gratuitamente no site oficial da banda) homenageando vários games, personagens e compositores, além de conquistar reconhecimento internacional com shows nos Estados Unidos (MAGFest), e em vários festivais de animes e games populares, como o Brasil Game Show e o Video Games Live, por exemplo. Além do estilo Metal, a banda também é bem conhecida pelas suas guitarras customizadas com…

Meu Mega Drive – Um Relato de Leandro Vallina (Blog Filmes e Games)

Que saudade da adolescência… A-ha tocando na rádio e você desesperado para gravar a música na fita K-7 sem pegar a vinheta “Transamérica”, voltar da escola a pé para economizar o dinheiro do ônibus e poder comprar a Ação Games que acabou de sair e a nossa única preocupação naquela época era: “Será que vou conseguir alugar aquele lançamento que eu vi na revista se eu chegar na locadora sexta-feira depois da escola?” – e tinha que ser na sexta feira sim, pois se alugar duas fitas na sexta, só entregamos na segunda! Quando o Mega Drive começou a bombar por nossas terrinhas (início de 1991) eu já estava com meus quase 14 anos, já era um gamer apaixonado, afinal, tinha vivenciado o Atari e estava no final da geração 8 Bits, e confesso que era apaixonado pelo jogo do encanador bigodudo. Aliás, eu achava que meu coração já era daquela…

Conheça Cleber Casali, fã do Mega Drive que está desenvolvendo um game para o console

O mercado de games independentes (ou simplesmente indies, para os íntimos) cresceu absurdamente nos últimos anos, o que é fácil de se observar pela quantidade de títulos disponíveis em grandes redes digitais como a Xbox Live, PlayStation Network e Steam. Os jogos independentes são uma maneira das pessoas que os produzem, mostrarem suas ideias e focar na diversão do jogador. Não contam com grandes orçamentos (geralmente começam do nada) e amigos e colegas ajudam na produção, com poucos recursos, mas com muita força de vontade, resultando em títulos casuais e simples, mas com grande fator de diversão. No Brasil há várias pessoas e pequenas empresas que se aventuram nesse mercado, algumas alcançando algum reconhecimento (como a WaterMelon do jogo Pier Solar), outras não. Afinal, esse é um campo extremamente concorrido, que necessita de um grande esforço e empenho dos profissionais envolvidos, como é o caso do mineiro Cleber Casali, estudante…

Colecionar não é brincadeira! Veja o incrível acervo de Mega Drive de Tadeu Gomieri Filho

Milhões de pessoas no mundo todo colecionam os mais diversos tipos de objetos, e é claro que os videogames também fazem parte desse movimento – uma brincadeira, um simples “hobby”, que pode se tornar em uma atividade mais profunda e custar bem caro para o bolso, especialmente aqui no Brasil! Pois bem, nós conversamos com o paulista Tadeu Gomieri Filho, um grande fã dos nossos produtos que tem como grande paixão colecionar jogos do Mega Drive! Mas não qualquer jogo e sim aqueles que foram lançados aqui no Brasil pela Tectoy. Como pode ser visto nas imagens, são muitos jogos para deixar qualquer fã do 16 Bits da Sega com uma pontinha de inveja. Vem conhecer a história dele e como começou essa sua vida de colecionador em nossa entrevista especial logo abaixo: Olá Tadeu, acho que podemos começar com você fazendo sua apresentação pessoal para os nossos leitores te…

Confira o incrível trabalho Pixel Art de um fã do Master System/Mega Drive

Os saudosos Master System e Mega Drive podem estar “aposentados”, mas até hoje eles ainda vivem nas doces lembranças de milhões de jogadores, especialmente dos brasileiros, que tiveram o primeiro contato com os consoles nos anos 90 graças à Tectoy, representante da Sega em terras tupiniquins naquela época. E hoje trazemos a vocês uma interessante história envolvendo essa paixão. Conversamos com um rapaz conhecido como Enio Garcia (nome artístico), paulista, cujo hobby é desenhar incríveis imagens de jogos (e outras coisas) utilizando o programa Paint (como esse acima). Sim, aquele mesmo dos “bonequinhos palito” e desenhos simples, com funções bem básicas. Confira abaixo alguns dos seus desenhos feitos no programa, um trabalho também conhecido como Pixel Art, e que levaram entre 8 a 10 horas para serem feitos. “A intenção era mostrar para as pessoas o que elas poderiam fazer em suas casas usando um programa de fácil acessibilidade para todos”, conta…