Lançado em 1986, época em que o Atari 2600 dava seus últimos suspiros no mercado, o game espacial “Solaris” chegou impressionando a todos que alcançava, ao apresentar um visual futurista tão incrível que nem parecia ser feito para o 2600. Reconhecido hoje por muitos fãs como um dos melhores títulos do sistema, ele certamente leva o console ao máximo das suas capacidades.

Programado pelo americano Doug Neubauer, um grande fã de obras espaciais como Star Wars e Star Trek, o jogo é uma “sequência espiritual” do seu outro game “Star Raiders”, lançado para o console em 1979. Quando iniciou o desenvolvimento, o projeto foi batizado de “Universe”, sendo renomeado posteriormente como “The Last Starfighter”, numa tentativa de se associar ao filme scifi de mesmo nome lançado em 1984 – conhecido no Brasil como “O Último Guerreiro das Estrelas”.

cartaz do filme “O Último Guerreiro das Estrelas”

No entanto, o jogo só foi lançado dois anos depois, e então Doug Neubauer decidiu chamá-lo de “Solaris”. Assim como em “Star Raiders”, o jogo apresenta como grande inimigo a raça alienígena Zylons, nome provavelmente inspirado nos Cylons da série “Battlestar Galactica”, de 1978.

A missão do jogador é assumir o comando de um poderoso caça estelar conhecido como StarCruiser e explorar quadrantes da galáxia em busca do planeta perdido Solaris, a última esperança para destruir a terrível força opressora dos Zylons. Essa Galáxia é composta por 16 quadrantes, cada um contendo 48 setores – são os “quadradinhos” mostrados ao acessar o radar da nave.

o radar com ícones dos inimigos – sua nave é o “X”

Um elemento interessante é a possibilidade de se viajar de um canto ao outro da galáxia através dos Wormholes (Buracos de Minhoca), espécies de “corredores espaciais” que ligam dois pontos distantes no espaço.

Cada quadrante possui quatro saídas e seus setores podem conter diversos inimigos ou bases para recarregar o combustível de sua nave ou ainda aliados que podem ser resgatados de planetas hostis.

Solaris” é um game que possui gráficos e mecânicas complexas impressionantes para os limites do sistema, um jogo obrigatório para qualquer fã do Atari ou de jogos em geral – e é um dos 101 jogos que você pode encontrar em nosso Atari Flashback 7!

Confira abaixo imagens e um vídeo do jogo:

  • Esdras Rigolão

    Muito legal tive atari original 2600 mas nunca vi este game

  • Obr Cristiano Camacho

    nossa! q jogo excelente ! não conhecia

  • Sidney José

    Muito legal mesmo, os gráficos são impressionantes! Mas parece que sua jogabilidade é bem complexa. Não conhecia esse jogo!

  • Os mesmos sprites de Moon Patrol 🙂