El Viento
Capa japonesa

El Viento é o segundo título de uma trilogia que se iniciou com Earnest Evans (Mega Drive e Mega CD) e termina com Anett Futatabi (Mega CD), onde Annet Myers é a protagonista tanto do segundo quanto do terceiro jogo desta franquia. Vamos conhecer um pouco deste segundo game?

Solta Bumerangues

Diferentemente do Earnest Evans, agora o jogador encarna a pele de Annet Myers na cidade de Nova York, tendo de lutar contra Henry, líder de um culto de louvor a Hastur – uma entidade da mitologia de Cthulhu – além do lendário gângster Al Capone e uma feiticeira chamada Restiana, que tramam para invocar o considerado deus para dominar o planeta Terra.

Por conta de sua descendência sanguínea com Hastur, a jovem feiticeira peruana de cabelos esmeralda tentará impedir que Hastur venha a ser invocado. E para isso conta com a ajuda de Earnest Evans no processo.

A sua arma primária é o bumerangue, que permite derrotar inimigos (humanos ou criaturas paranormais) e quebrar obstáculos ao longo do caminho. Além disso, nossa heroína também utiliza magias que vai aprendendo ao longo da aventura.

De Nova York até templos estranhos

Graficamente falando, El Viento segue a mesma linha de Earnest Evans, sendo que existem diversas melhorias se comparado a este último. Annet foi animada de uma forma mais tradicional ao invés do que fora feito no primeiro título da franquia, deixando a jogatina bem mais limpa e menos frustrante.

Os cenários das fases condizem bem com o momento que se passa o jogo, no caso nos anos 1920, onde temos cenários em Nova York e armazéns. Os inimigos humanos, alguns deles sendo gângsteres, estão vestindo roupas utilizadas na época.

El viento

A quantidade de explosões no título quando um veículo ou inimigo de grande porte são destruídos acaba virando um festival de “crocância pixelada“, um efeito muito bacana que pouco se viu em quaisquer outros títulos existentes no Mega Drive – a Wolfteam exagerou tanto no uso que em algumas partes o jog fica com slowdown.

El Viento trouxe também muita dinâmica para uma personagem que não parece ser rápida, mas que se utilizando do direcional para baixo e o botão do pulo, pode percorrer longas distâncias muito rapidamente.

El Viento
Sente a explosão

Uma trilha sonora impressionante

Outro ponto alto no jogo é a sua trilha sonora que segue o mesmo estilo mostrado em Earnest Evans e, ainda assim, algo próprio da Wolfteam. Com batidas características do seu compositor (Motoi Sakuraba, hoje um nome bem conhecido), da primeira à última fase, as músicas estarão na cabeça do jogador por um longo tempo.

 
Trilha da primeira fase do jogo.

O estilo musical de El Viento remete o jogador a uma aventura que não pode parar e que se traduz bem na forma primorosamente trabalhada em cima do chip Yamaha. Os efeitos sonoros também são um show à parte e que pouco será ouvido em títulos de outras empresas por aí.

Trilha sonora da sétima fase do jogo
Uma aventura espetacular

Se por um lado tivemos um começo interessante com Earnest Evans, apesar da sua jogabilidade um tanto quanto travada, em El Viento tivemos o refinamento da aventura, com uma trilha sonora acima da média e a continuação de uma história bem desenvolvida que veio a terminar tão somente no Mega CD.

El Viento
Vamos ajudar Annet a derrotar o mal?

El Viento é um daqueles títulos que sempre ficaram expostos numa prateleira de locadora, muitas vezes somente a versão japonesa, e que não era muito alugado por conta de não entendermos nada nesta língua, mas quem chegou a se aventurar neste belíssimo jogo de ação provavelmente não se arrependeu nem um pouco.

E você, já jogou este título? Conte para nós como foi a sua experiência com eles na seção de comentários mais abaixo!

 

  • Carlos Emanuel

    Uau!

  • Anderson Dos Santos

    Muito legal.

  • Carlos Zaga

    annet futatabi nem chegou a sair no ocidente, 1 pena