Em 22 de novembro de 1994 o Sega Saturn era lançado no Japão, levando os jogadores a um novo nível de games. Infelizmente, diferente do Mega Drive que teve seu lançamento amplamente planejado, a Sega tomou várias decisões precipitadas com o seu 32 Bits, que acabaram prejudicando a sua performance no mercado.

No entanto, isso não impediu do console conquistar uma legião de fãs com verdadeiras preciosidades lançadas exclusivamente para ele, ou possuindo melhores versões de jogos multiplataforma e que são lembrados com carinho até hoje.

Escolhemos aqui 10 títulos inesquecíveis do console, é claro que muita coisa boa ficou de fora, mas você pode citá-los nos comentários! Lembrando que a lista não tem ordem de preferência:

Nights into Dreams

Lançado em 1996, Nights marcou os fãs da Sega como o primeiro jogo da Sonic Team que não era estrelado pelo ouriço azul, com Yuji Naka como produtor e líder de programação e Naoto Oshima como diretor e designer de personagens (ambos criadores de Sonic). A história mostra duas crianças entrando no mundo dos sonhos onde devem combater o vilão Wizeman, auxiliadas pelo personagem principal: Nights. Um jogo diferentão que deixou sua marca naqueles que o jogaram no Sega Saturn!

Radiant Silvergun

O Saturn contou com vários jogos de navinha de excelente qualidade, mas Radiant Silvergun com certeza é um dos mais lembrados pelos fãs. Desenvolvido originalmente para arcade pela Treasure (a mesma de Gunstar Heroes), chegou ao console em 1998 e é venerado por muitas pessoas como “o ápice dos shooters verticais“. Difícil dizer o contrário.

Sega Rally Championship

Clássico de corrida dos arcades, o jogo ganhou a sua versão no Saturn em 1995 e foi aclamado tanto pela crítica como pelos fãs do gênero, tornando-se um título imperdível para o console.

Virtua Fighter 2

O Saturn era conhecido por ser a melhor casa para os jogos de luta 2D da época, com versões praticamente idênticas aos arcades em jogos como “Marvel Super Heroes vs Street Fighter”, “Street Fighter Alpha 3” e “The King of Fighters”, só para citar alguns. Mas para representar o gênero/console escolhemos o clássico Virtua Fighter 2, lançado em 1996. O famoso jogo de luta 3D introduziu várias melhorias em relação ao pioneiro jogo anterior e sua conversão para o Saturn é conhecida por ser a mais fiel ao arcade, com a pancadaria rolando solta em 60 fps.

Guardian Heroes

Olha mais um título da Treasure aí! Esse jogo é bastante impressionante e extremamente divertido – e um dos poucos jogos do Saturn a usar o acessório 6-player multiplayer adapter. Neste Beat ‘em up, os jogadores assumem o papel de um grupo de jovens heróis que encontraram uma espada mágica, e devem derrotar um império de vilões com a ajuda de um esqueleto morto-vivo. Esse game envolve lutas de espadas, artes marciais, magia e é um dos games que melhor incorpora os elementos pelos quais os jogos da Treasure ficaram conhecidos. Totalmente recomendado.

Grandia

A Game Arts, famosa pela série Lunar (que também apareceu em ótimas versões no Saturn), entregou aos donos do aparelho uma nova franquia de RPG que se tornaria muito cultuada: Grandia. A trama gira em torno de Justin, um jovem aventureiro que decide sair de sua cidade natal em uma jornada épica para desvendar o mistério do conhecimento herdado de uma civilização antiga. Simplesmente imperdível!

Shining Force III

Franquia que fez fama no 16 Bits da Sega, Shining Force chegou em grande estilo ao Saturn com a sua terceira aventura. Apesar de seguir uma estrutura 3D, o game manteve as raízes da série como um RPG de estratégia, onde o jogador deve realizar ações com os seus personagens em turnos. O jogo foi ambiciosamente concebido para ter três volumes, mas apenas o primeiro foi lançado no ocidente, ficando os outros dois restritos no Japão. Foi também o último jogo da produtora Camelot, que recentemente revelou que gostaria de lançar um “Shining Force IV”.

Astal

Astal foi um dos jogos de primeira geração do Saturn, lançado em 1995, que chamou a atenção pelos seus belos visuais 2D. O jogo se passa em algum lugar do universo, onde a deusa Antowas criou o mundo de Quartalia e dois seres: uma menina chamada Leda e um menino chamado Astal, que acaba preso na lua. Um vilão chamado Geist rapta Leda, e Astal parte da sua prisão em uma jornada para salvá-la.

Burning Rangers

Mas um jogo da Sonic Team com participação de Yuji Naka e Naoto Oshima, que chegou ao console em 1998. Trata-se de um game de ação na terceira pessoa, onde o jogador assume o papel de um novo recruta em um grupo de bombeiros futurista e, equipado com modernos recursos que apagam fogos, deve explorar locais e salvar pessoas em várias emergências.

Panzer Dragoon Saga

O Saturn já havia recebido dois grandes títulos da série Panzer Dragoon quando em 1998 chegou ao mercado “Panzer Dragoon Saga”, que trocava a ação de trilhos dos dois anteiores por um estilo de RPG. Foi um dos últimos títulos lançados no Sega Saturn, considerado por muitos como o melhor jogo do console e um dos melhores RPgs de todos os tempos.

BÔNUS – Segata Sanshiro

Em se tratando do Sega Saturn japonês, não podemos deixar de citar a lenda dos comerciais do console no país: Segata Sanshiro! Personagem criado pela Sega para ser o seu garoto propaganda nos comerciais de TV, é na verdade uma paródia do legendário lutador de judô Sugata Sanshiro, criado por Akira Kurosawa para um dos seus filmes. Interpretado pelo ator Fujioka Hiroshi, Segata Sanshiro apareceu em vários comerciais para promover o Saturn e seus jogos no Japão – fãs de tokusatsu devem se lembrar dele como o primeiro Kamen Rider, lá nos anos 70.

Ele aparecia em hilários comerciais da Sega, dando porrada em todo mundo que não jogava o console. Após uma série de vídeos, sendo que alguns até seguiam uma narrativa cronológica, Segata “morreu” ao salvar o prédio da Sega da destruição iminente em seu último comercial.

A pronuncia de seu nome em japonês, soa familiar a “Sega Saturn shiro!“, que significa “você precisa jogar Sega Saturn“. Abaixo você confere uma compilação dos seus comerciais:

  • rafa

    minha lista
    MaxTT
    Mr. bones
    Sonic 3d Blast
    Nigts
    Sega Rally
    Virtua Fighter 2
    Daytona USA
    Panzer Dragon
    Bug Too
    doom (que foi oq mais joguei)

    • Marcio NaKaya

      Mr Bones é show de bola…..sem falar a fase da guitarra !!

  • Guilherme Moreira Silva

    A dubladora que faz a voz do personagem Astal é a mesma que fez a voz da morcega Rouge em Sonic Adventure 2.

  • geraldo

    Console superestimado pelas viúvas seguistas.
    Tive o desprazer de ter um enquanto os outros tinham playstation.
    péssimos gráficos em jogos 3d,biblioteca minúscula e pra jogar os melhores jogos de luta precisava de cartucho extra.