Como já vimos aqui, a Tectoy iniciou sua empreitada na indústria de aparelhos eletrônicos no Brasil com o lançamento da saudosa pistola Zillion, em sua primeira parceria com a Sega (o início de um longo casamento).

No mesmo ano, em 1988, a empresa lançou outro produto que alcançou grande popularidade entre os brasileiros, o Pense Bem. Ele era um brinquedo educativo que lembrava um computador (na época um item para poucos), na verdade uma versão licenciada do Smart Start, criado pela Vtech (Video Technology International), de Hong Kong.

Logo que foi lançado, virou sonho de consumo da criançada, afinal era o primeiro contato que as crianças tinham com informática e uma “alta tecnologia computadorizada“. Como dizia o slogan do aparelho: “Pense Bem, muito mais que um brinquedo, quase um computador“.

Além de ter atividades básicas embutidas, o Pense Bem era mais popular com livros de perguntas (onde era possível definir o grau de dificuldade), geralmente com temas escolares abordando História, Geografia, Matemática e Inglês. Seu uso era simples: bastava apertar a tecla que representa a alternativa correta e o brinquedo informa se ela está correta ou não.

Era basicamente um “notebook infantil“, algo popular com as crianças hoje. Além de perguntas, ele contava com jogos, atividades musicais e desafios de memória. Os livros de atividades contavam com personagens que tinham apelo ao público infantil da época como Turma da Mônica, TV Colosso, Sonic, Senninha, personagens Disney, entre outros.

Se você é um colecionador ou simplesmente um nostálgico dos anos 80, pode encontrar facilmente um Pense Bem no Mercado Livre (inclusive com os livros), a preços bem acessíveis, veja aqui. Posteriormente, a Tectoy lançou uma nova versão chamada Pense Bem Multi.

Um fato curioso: dentro do Pense Bem existia um chip Zilog Z0860008SC, um parente próximo do Z80, o coração do Master System e o co-processador sonoro do Mega Drive.

Abaixo você confere um comercial da época, um vídeo do Pense Bem funcionando e algumas imagens do aparelho:


pense_bem pense_bem_multi

pensebemmulti

  • Andrews Ferreira

    Em 1997 ganhei um Pense Bem Multi de aniversário, ele me ajudou bastante na primeira serie pois era uma forma de estudar matemática de um jeito diferente e divertido. Também gostava muito dos livros e na época era fascinado para ter o livro do Sonic e Knuckles recordes e façanhas e nunca achei para comprar!! (Trauma de infância heheheh)