No início da década de 1990, a Sega procurava um personagem que pudesse simbolizar e traduzir bem seu perfil como uma companhia de games (uma das maiores da época, diga-se de passagem), assim como pudesse representar o Mega Drive, que já estava no mercado e fazia grande sucesso especialmente nos EUA (como o Genesis).

E assim, com toda essa pressão, nasceu “Sonic The Hedgehog“, que tomava para si esta difícil tarefa. O ouriço esteve mesmo disputando com o Mario da Nintendo pelo título de “melhor mascote” pelos saudosos anos das décadas passadas, em uma concorrência que gerava um show de criatividade e inventividade que marcaria época.

Antes de a empresa tornar-se softhouse dedicada à produção de jogos, Sonic era franquia exclusiva para aparelhos fabricados pela Sega. Não se sabe se é por isso, mas os jogos do Sonic naquela época tinham um ar muito mais exclusivo e especial. E foi justamente essa singularidade que manteve até mesmo os mais antigos games do ouriço em nossa memória até os dias de hoje.

oshima-naka

O game designer Yuji Naka e o character design Naoto Oshima

O personagem foi idealizado por Yuji Naka, que liderou uma equipe composta por grandes nomes como Naoto Ohshima e Hirokazu Yasuhara, além de contar com maravilhosas músicas de Masato Nakamura da banda Japonesa “Dreams Come True”.

Em 1991 a Sega abalava a indústria do entretenimento com a criação de “Sonic The Hedgehog“, o personagem que aproveitava o veloz processador do console (o mais rápido da geração 16 Bits!) e reinventava a “sensação de velocidade” nos games.

É importante frisar que Sonic não era apenas “mais um game” no mercado. Não, ele teve uma importância muito maior do que isso, e uma delas foi turbinar as vendas do Mega Drive causando um forte impacto no concorrente Super Nintendo, aliada a uma agressiva campanha de marketing idealizada pelo lendário CEO da Sega of America, Tom Kalinske.

Seus comerciais na TV mostravam Sonic como um personagem “cool“, dinâmico e cheio de atitude, em comparação ao principal rival, Mario, um encanador sem graça, lento e sem apelo aos jovens. É claro que todo esse marketing caiu como uma luva para o público norte-americano e Sonic literalmente atropelou seu rival e causou um forte abalo no império da Nintendo.

sonic2

esboços iniciais do personagem e cenários

Um Borrão Azul e Veloz

Muito bem! Temos um personagem com um visual legal e espantoso (azul, com “cabelos” radicais e um belo par tênis vermelhos inspirados nos do Michael Jackson, só para contrastar). Mas convenhamos: isso ainda NÃO era suficiente para criar um personagem que marcaria época e viraria o símbolo da Sega.

Tenha em mente que já naquela época (assim como hoje), a indústria do entretenimento bombardeava o público com um número incontável de personagens marcantes. Se quisermos um personagem que vai se sobressair frente a esse mercado cada vez mais criativo, precisaremos de algo mais… Então, que elemento os designers da Sega usaram para fazer de Sonic um personagem inesquecível? Uma palavra: VELOCIDADE.

sonic3

O game do ouriço mostrava algo inédito, levando os videogames a um novo patamar através da velocidade! Fases mais rápidas do que nunca, que mostravam o poder de processamento do console, ação e aventura com uma jogabilidade nunca vistas antes, eram apenas algumas das inovações que entravam no mercado abalando a concorrência e serviram como um divisor na história da Sega e dos videogames.

Os loopings, por exemplo, eram algo totalmente inédito e original na época! Não havia um personagem que se movesse de forma tão rápida na tela! Sonic deixava uma geração de gamers pasmada com sua rapidez e presteza.

Salvando a Floresta a os Animais

A aventura se passa em uma ilha cheia de belezas naturais e tesouros escondidos, onde Sonic e seus amigos animais vivem em harmonia e tranquilidade.

Essa ilha é sustentada pelo poder de pedras especiais, as Chaos Emeralds, que são uma fonte de poder misteriosa e poderosa. Em um certo dia essa paz e equilíbrio são abalados com a chegada de um cientista maluco, o Dr. Robotnik (ou Dr Eggman) que resolveu conquistar o mundo de Sonic e fazer de todos os seus escravos.

sonic9

Robotnik começa a capturar os animais da ilha e os transforma em robôs (conhecidos como Badniks), criando assim um grande e poderoso exército, com o objetivo de conseguir as Chaos Emerald para dominar o planeta.

Só mesmo o ouriço mais rápido do mundo pode detê-lo, com o objetivo de reunir todas as Chaos Emeralds e frustrar os planos do vilão. Grandes heróis precisam de grandes vilões: e Dr. Robotnik foi muito bem planejado, é um personagem muito marcante e original, que faz aparições interessantes e curiosas no fim das fases, tentando acabar com o ouriço com suas máquinas mirabolantes.

sonic4

Coletando Anéis e Esmeraldas

Durante o percurso do jogo, deve-se coletar um grande número de anéis, que se tornaram uma das marcas registradas da série. Todos os estágios são abarrotados dos círculos dourados que ficam girando no meio do ar. Eles servem para ampliar suas chances de ser bem-sucedido com Sonic e, caso você consiga 100 deles (ou 200), ganhar uma vida extra. Se você for atingido por algum inimigo ou sofrer qualquer tipo de dano, perde todos os seus anéis (ou mesmo uma vida, se atingido sem nenhum deles).

Outro detalhe que se tornou tradicional em games da série são as Chaos Emeralds. Neste game, elas devem ser coletadas em fases especiais, acessíveis apenas quando se coleta 50 argolas ou mais no final dos estágios.

Além disso, há também alguns itens e extras disponíveis em monitores para ajudar no seu desempenho em jogo. Você pode contar com um escudo, que permite ao Sonic sofrer dano sem perder os anéis que coletou; um item que faz o personagem ser envolvido por luzes “piscantes”, atravessando obstáculos e inimigos sem se ferir; os clássicos “sapatos” que aumentam ainda mais a velocidade de Sonic (a música do game até ganha ritmo acelerado), além de monitores com argolas e vidas extras (esses geralmente bem escondidos ou de difícil acesso). Essa boa quantidade de itens e extras também contribui para aumentar o nível de diversão do jogo.

sonic8

Para jogar e apreciar

Sonic virou um hit de vendas quando foi lançado, graças aos seus belos visuais coloridos, detalhados e muito bem feitos. Yuji Naka e sua equipe foram muito criativos e bolaram fases longas com elementos que se interagem, como árvores se mexendo, cachoeiras ao fundo, nuvens no céu, e por aí vai.

Os cenários ao fundo são maravilhosos, ricamente detalhados e coloridos, é impossível não se sentir atraído por esse mundo que Naka criou, passando por campos verdes, rios de lava, o interior de um castelo em ruínas, um labirinto de pedras debaixo da água (Sonic não sabe nadar, ele vai precisar respirar de tempos em tempos) chegando até a fortaleza de Robotnik. Para curtir a beleza das fases enquanto se joga, que tem ação tanto na horizontal como na vertical.

sonic11

Mas não apenas os cenários como os personagens são muito bem feitos, todos com um bom tamanho e detalhes na tela. O próprio Sonic possui animações brilhantes, que mudam a todo instante dependendo da ação. Há animações de Sonic correndo, caindo, empurrando coisas, prestes a cair e claro, a famosa animação dele parado esperando impaciente batendo os pés no chão.

Outros personagens, como os inimigos robôs e o próprio Robotnik também ganharam visuais muito bem feitos. As fases longas e inimigos criativos vão garantir que você não enjoe rápido desse game e a diversão é garantida.

Cuidado com as pistas, muitas delas vão te persuadir a correr a toda velocidade por elas, e algumas acabam levando a armadilhas, como espinhos, buracos e lavas. Muitas fases são longas e escondem segredos e passagens secretas ao longo do caminho, valorizando o quesito exploração.

sonic_poster

Também nos 8 Bits!

Sonic the Hedgehog” foi originalmente idealizado para o Mega Drive, mas ele também apareceu em uma aventura inédita (e não menos impressionante) nas plataformas de 8-bits: o Sega Master System e o portátil Game Gear.

Lançada alguns meses depois, a versão para Master System/Game Gear é bem similar à versão do Mega Drive, mas trazendo alguns layouts novos para os cenários. O jogo foi desenvolvido pela Sega em parceria com o estúdio Ancient, fundado pelo lendário compositor Yuzo Koshiro (sim, aquele mesmo dos games Shinobi e Streets of Rage) – foi o primeiro trabalho da sua companhia.

sonic12

Tanto quanto na versão do Mega Drive, o design dos estágios nos sistemas 8 Bits abusa do elemento velocidade. Além disso, como todo game de plataforma de muito boa qualidade, o título apresenta uma boa quantidade de obstáculos, inimigos robôs, buracos cheios de espinhos, plataformas móveis etc. Tudo permeado também por uma jogabilidade leve e simples. Mas o que mais marca a aventura são os loopings, molas, rampas e outros detalhes que acentua a velocidade do personagem e alarga seu deslocamento na tela.

sonic13

Seja em sua versão original no Mega Drive ou em suas versões para Master e Game Gear, nosso velho amigo azul assinalou um dos maiores clássicos da história dos videogames. Este primeiro jogo marca uma das melhores e mais divertidas aventuras de Sonic. É um game muito bom de jogar e reviver as reminiscências de uma época que deixou saudades. Quem haverá de esquecer Green Hill, com suas clássicas “florzinhas” e girassóis móveis, os inesquecíveis coqueiros e o eterno chão quadriculado?

Sonic The Hedgehog” foi um game criado com muita criatividade e engenho. O sucesso e bom êxito deste primeiro jogo (tanto em sua versão do Mega Drive como nos 8 Bits) não apenas criou um padrão a ser reproduzido em futuros jogos, mas consolidou Sonic como um dos personagens mais originais já criados. Prova de que o ouriço veio para ficar!

sonic10

  • Hárisson Dantas

    Inesquecível a sensação que tive ao ver esse jogo pela primeira vez. Fiquei maravilhado.

  • And

    Adorei a matéria, bem detalhada! Os Sonics clássicos são os meus favoritos até hoje!