No início dos anos 80 a Atari era a líder absoluta da indústria de videogames com o seu sistema Atari 2600, um monopólio que durou até 1983, data que marca a crise “quebra dos videogames” nos EUA.

Porém, um ano antes da inevitável queda, a empresa lançou uma competição épica através de uma série de quatro jogos de aventura de fantasia chamada “Swordquest“. Os impressionantes prêmios, avaliados na época em US$ 150 mil, consistiam em:

  • Swordquest: Earthworld – um Talismã feito de ouro 18 quilates, com 12 diamantes e outras pedras preciosas;
  • Swordquest: Fireworld – um Cálice feito de ouro e platina adornado com quartzos, diamantes, jades, pérolas, rubis e safiras;
  • Swordquest: Waterworld – uma Coroa feita de ouro 18 quilates e incrustada com berilos, diamantes ,turmalinas verdes, rubis e safiras;
  • Swordquest: Airworld – uma Pedra Filosofal, um grande pedaço de jade branca encaixada em 18 quilates de ouro incrustado com diamantes , esmeraldas , quartzos e rubis.

anúncio do torneio com imagem dos cinco prêmios, avaliados em US$ 150 mil

Para concorrer a cada um desses prêmios (fabricadopela empresa Franklin Mint), avaliados em US$ 25 mil (cerca de R$ 80 mil, na cotação do dia) cada um, os jogadores tinham que jogar o respectivo game que vinha acompanhado com uma revista em quadrinhos da DC Comics (escritas por Roy Thomas e Gerry Conway, e desenhadas por George Pérez e Dick Giordano), onde apresentava os personagens e a história do jogo. Essas HQs continham pistas que formavam palavras, que deviam ser mandadas para a Atari para ter a chance de competir.

Mas não para por aí não. Estava previsto ainda um quinto campeonato, que colocaria os quatro vencedores competindo entre si para ganhar uma espada real com um punho de outro encrustado com diversas joias e uma lâmina de prata pura, avaliada em US$ 50 mil (cerca de R$ 160 mil, na cotação do dia).

O concurso começou de forma espetacular com o lançamento do primeiro jogo em 1982, mas com a crise no ano seguinte tudo acabou sendo cancelado abruptamente, sendo que apenas os dois primeiros torneios chegaram a acontecer oficialmente.

página de uma das HQs que acompanhavam os jogos, necessárias para revelar as pistas para os torneios

Quando Earthworld foi lançado, mais de 500 mil cópias do jogo foram vendidas, e cerca de cinco mil jogadores tentaram se inscrever no torneio, mas apenas oito pessoas foram selecionadas. Cada um recebeu uma versão especialmente programada do jogo, que deveria ser completada em menos de 90 minutos. O jovem de 20 anos Stephen Bell completou a aventura em 46 minutos e recebeu o prêmio, o “Talisman of Penultimate Truth” (Talismã da Penúltima Verdade), um talismã de ouro encrustado com diamantes e outras pedras preciosas, assim como uma pequena espada de ouro branco.

O segundo jogo, Fireworld, foi lançado em 1983, mas o torneio aconteceu só em 1984 com a participação de 50 pessoas. O vencedor foi Michael Rideout, que finalizou o jogo em 50 minutos. Ele ganhou o “Chalice of Light” (Cálice da Luz), feiro de ouro e platina, cravejado com diamantes, rubis, safiras e pérolas.

Foto do Talismã, dado no torneio de Earthworld

No mesmo ano foi lançado o terceiro jogo, Waterworld, porém com uma distribuição limitada somente aos membros do Atari Club. Infelizmente para os jogadores que chegaram a se inscrever, o torneio foi cancelado em meados de 84. De acordo com relatos, Bell e Rideout ganharam US$ 15 mil e um Atari 7800 em compensação de não poderem competir na grande final em busca da espada “Sword of Ultimate Sorcery” (Espada da Magia Suprema).

O desenvolvimento do quarto jogo, Airworld, que já havia começado foi interrompido, assim como a HQ que nunca foi concluída. Devido a crise de 1983, a Atari passava por grandes dificuldades financeiras, o que permitiu a venda da empresa para o empresário Jack Tramiel e sua nova empresa Tramel Technology. Ele também é lembrado na história como o fundador da companhia que criou o famoso computador caseiro Commodore 64. Ele permaneceu na Atari até 1996 e supervisionou uma série de produtos, incluindo o Atari ST. Faleceu em 2012 aos 83 anos.

foto do Cálice da Luz, prêmio dado no torneio de Fireworld

Durante essa transição, as várias divisões de Atari foram vendidas e reatribuídas, sendo que em algum momento nesse tornado de negócios, os tesouros restantes da Swordquest estavam aparentemente perdidos.

Mas de acordo com Curt Vendel, coautor do livro “Atari Inc: Business is Fun” de 2012, o prêmio “Coroa da Vida”, que teria sido dado ao vencedor da competição Waterworld, encontrou um dono durante um torneio semi-secreto, cujo vencedor nunca foi revelado.

Sob contrato, a Warner [dona da Atari na época] foi obrigada a completar o concurso para o Waterworld, porque os jogadores apresentaram respostas corretas e o jogo foi vendido ao público com base no fato de que quem resolvesse os quebra-cabeças seria premiado“, diz Vendel no livro.

Eles realizaram um concurso muito silencioso e não público com as 10 pessoas que resolveram o concurso Waterworld. A coroa foi premiada para o vencedor do terceiro torneio“. Embora evidências desse campeonato nunca tenham sido encontradas, Vendel afirma que foi realizado por obrigação da lei.

Como o quarto jogo, Airworld, nunca foi concluído ou lançado, o torneio deste game nunca aconteceu. De acordo com Vendel, tanto a Pedra Filosofal e a Espada foram destruídas/derretidas pela Franklin Mint – algo que nunca foi oficialmente comprovado.

capas dos 3 jogos lançados e uma suposta arte do quarto game cancelado, Airworld

Porém, reza a lenda urbana que os prêmios restantes foram incluídos na compra da Atari por Tramiel e que ele os tinha guardado – há quem diga que a espada estaria inclusive exposta sobre a lareira da casa dele.

Quanto aos outros prêmios, Vendel revelou que Bell derreteu seu talismã em troca de dinheiro e que Rideout ainda tem o Cálice, guardado dentro de um cofre (confirmado pelo próprio em entrevista de 2005).

O que realmente aconteceu aos tesouros restantes é um mistério até hoje. Será que foram destruídos ou estão perdidos, esperando que um aventureiro os encontre?

Quem sabe jogando os três games Swordquest: Earthworld, Fireworld e Waterworld, que estão incluídos em nosso Atari Flashback 7, você não acaba descobrindo?

Curiosidade: em fevereiro de 2017 a editora Dynamite Entertainment anunciou uma nova série de quadrinhos chamada Swordquest, que não é uma continuação/conclusão das antigas HQs, mas sim uma nova história baseada nos torneios em si. Confira a sinopse: “Peter Case era um menino em uma busca… a busca para ganhar os prêmios do desafio do Swordquest, para Atari! Ele estava contando os dias pelo lançamento do último jogo, AirWorld, apenas para ser destruído pela notícia de que nunca seria lançado. Agora Peter é um adulto… e as coisas não vão bem. A má notícia é que ele está voltando para a casa da sua mãe. A boa notícia é que ela ainda tem todas as suas antigas coisas do Atari. Com nada mais para buscar, sua obsessão pelo Swordquest ressurge, de uma maneira mais ousada — e fantástica!”