Tag

Review

Browsing

Double Dragon II: Conheça um dos beat´em´ups mais obscuros do Mega Drive

Double Dragon II: The Revenge é um beat´em´up lançado originalmente para Arcades em 1988 e depois portado para diversos consoles. A versão de Mega Drive chegou em 1991 e ficou exclusiva no Japão, muito provavelmente devido a baixa qualidade da conversão. Aqui no Blog Tectoy sempre procuramos explorar o que há de melhor no console, mas hoje decidimos trazer um game que, de fato, não foi “lá essas coisas”, mas serviu para se redimirem no terceiro título, também lançado para o Mega Drive. Nada se salva, simples assim! https://youtu.be/Nx2_pjyUoNE A história é tão simplória quanto o primeiro: a personagem Marian recebe um tiro do líder das Black Warriors e o jogador deverá assumir o papel de Billy ou Jimmly Lee para vingar a sua morte. São quatro áreas que, no jogo, são chamadas de missões: um heliporto, armazém, fazenda e o esconderijo dos Black Warriors. No fim de cada fase…

Double Dragon III: O “diferentão” da trilogia beat´em´up do Mega

Diferente dos dois anteriores, o Double Dragon III não foi desenvolvido pela Technos no Japão, mas sim pela East Technology. Talvez por isso, essa sequência é bem diferente, tanto em estilo gráfico quanto na jogabilidade. Em termos técnicos, a conversão é a melhor da trilogia do Mega Drive, mesmo que ele tenha diversas falhas que o afastam de ser um beat´em´up clássico e atemporal como Streets of Rage ou Golden Axe. Além disso, foi o único dos três a ser lançado oficialmente no Brasil pela Tectoy. Já o port em si, ficou a cargo da Software Creations. A história permanece tão simples quanto de seus dois anteriores. A namorada de Billy, Marian, novamente foi capturada. A diferença é que dessa vez uma vidente diz para os irmãos Billy e Jimmy pegarem três pedras Rosetta para conseguirem libertá-la. MELHOROU MUITO… https://www.youtube.com/watch?v=MhaOaqDnoq0&t=217s Comparado aos dois jogos lançados anteriormente no Mega Drive,  Double…

Death and Return of Superman: relembre o clássico beat´em´up da Blizzard!

The Death and Return of Superman é um jogo beat´em´up desenvolvido pela Blizzard Entertainment e lançado pela Sunsoft em 1994 e 1995 para os principais consoles 16 bits de sua geração, o que inclui o bom e velho Mega Drive. Seguindo a história dos quadrinhos homônimo, o próprio nome do game já conta a trajetória do título: O Superman morre em uma batalha contra o vilão Doomsday logo no início do jogo e, após esse evento, quatro “Superman” aparecem para ficarem no lugar do original. Ao longo do título é contado como o Clark Kent retorna. CINCO SUPERHOMENS JOGÁVEIS! https://youtu.be/zlgrIIvtGrw A princípio ele não traz muitas novidades para o gênero beat´em´up, mas contém os elementos que dão sucesso aos jogos do tipo. Você enfrenta uma ordem de inimigos e, assim que os derrota, pode prosseguir pela fase para derrotar mais ainda. No final de cada tela há um chefe e,…

Earthworm Jim 2: A minhoca maluca retorna em mais um excelente jogo!

Com o grande sucesso do primeiro Earthworm Jim, nada mais natural que chegar uma sequência algum tempo depois. Mesmo não causando o mesmo impacto que o primeiro, o Earthworm Jim 2 tem seu charme e é mais um excelente plataforma e run and gun. Novamente a história é salvar a princesa que foi capturada e, para isso, é necessário passar por um monte de fases e enfrentar os grandes vilões Psy-Crow. MANTENDO TUDO QUE FOI BOM… https://www.youtube.com/watch?v=SR0JDGPTu9c Chamar o game de “plataforma e run and gun” é um pouco injusto, já que cada uma das fases procura trazer um gameplay diferente visando diversificar a experiência e inovar perante o primeiro game. Há fases em que você tem que coletar objetos e, evidentemente, há fases de correr, pular e atirar, bem semelhante ao primeiro game, sendo nomeada a primeira e a oitava. As outras introduzem outros tipos de gameplay, como voar…

Phantasy Star I – Clássico RPG do Master System em português pela Tectoy!

Grande sucesso no mundo dos JRPGs, o Phantasy Star foi lançado para Master System em dezembro de 1987 no Japão, em 1988 para a Europa e Estados Unidos, e em 1991 no Brasil com textos traduzidos pela Tectoy. A ideia de desenvolvê-lo veio de uma pesquisa realizada em 1986 pela revista oficial da SEGA no Japão, a “SPEC” (Sega Players Enjoy Club). Eles concluíram que os RPGs eram os títulos mais aguardados pelo público japonês no Nintendo 8bits, e querendo aproveitar a popularidade do gênero, a SEGA começou a trabalhar em um para seu videogame da época: o Master System. O objetivo era utilizar a fórmula que deu fama ao gênero, mas inovando em diversos pontos para singularizá-lo ao máximo: o estilo é futurista, e não medieval; a protagonista é  mulher; as dungeons são tridimensionais, dando um efeito impressionante para a capacidade do console; as animações e as cores eram as mais caprichadas o…

Battletoads & Double Dragon – The Ultimate Team: relembre um dos primeiros crossovers dos games

Lançado em 1993 pela Tradewest, o Battletoads & Double Dragon – The Ultimate Team chegou a diversos consoles de sua geração, incluindo o bom e velho Mega Drive. Mesmo utilizando os personagens da série Double Dragon, o desenvolvimento do game ficou inteiramente a cargo da Rare e a Technos apenas cedeu a licença para que os personagens Billy e Jimmy Lee aparecessem. RAINHA DAS TREVAS ESTÁ DE VOLTA! Após a Rainha das Trevas ser derrotada pelos Battletoads no jogo anterior (não deixe de ler nossa análise), a vilã foge para os confins do universo. No entanto, um dia uma gigantesca espaçonave chamada Colossus surge da lua e, aparentemente, a Rainha das Trevas está de volta com um plano para dominar toda a galáxia. Dessa vez ela conta com os Shadow Warriors como aliados, os vilões de Double Dragon. Sabendo de todo o ocorrido, o trio de sapos entra em contato…

Zool: uma espécie de ‘rival’ do Sonic com fases e chefes “malucos”

Com o objetivo de ser mais um rival para o Sonic, o Zool foi desenvolvido pelo extinto estúdio britânico Gremlin Graphics para o Commodore Amiga em 1992 e, no ano seguinte, foi portado para diversos consoles, incluindo o bom e velho Mega Drive. “QUEREMOS UM MASCOTE TAMBÉM!’ O designer George Allen veio com a ideia de fazer um mascote após seu jogo anterior, Switchblade II, ter recebido duras críticas devido a ausência de inimigos, justificando a riqueza nesse ponto em Zool. Como na época o azulão estava em todas, a ideia era fazer um game parecido, com direito a velocidade, animal antropomórfico, músicas animadas,  dois atos mais um chefe e o bom e velho correr e pular. A trilha sonora ficou a cargo de Patrick Phelan, que buscou um estilo mais eletrônico e techno, pra combinar com o tipo frenético do game. Na época, o game gerou bastante hype e…

Sonic the Hedgehog 2: a aventura 8 bits é completamente diferente! | Análise

Aqui no Blog Tectoy já surgiram diversas análises do ouriço! No Mega Drive, já cobrimos o primeiro  Sonic The Hedgehog, assim como o Sonic 2 e o Sonic 3 & Knuckles. Já no Master, tivemos uma análise do primeiro game e também de Sonic Chaos. Seguindo a tradição, vamos explorar um pouco sobre outro clássico do mascote: Sonic the Hedgehog 2, mas desta vez em sua versão 8 bits lançada para o Master System e o portátil Game Gear! Sendo o primeiro game desenvolvido pelo estúdio Aspect Company, eles resolveram jogar “seguro” e utilizaram a mesma fórmula de jogabilidade e estilo gráfico do primeiro game, que foi desenvolvido pela Ancient Corporation. Saindo um mês antes de sua contraparte no Mega Drive, esta é a primeira participação do Tails, mesmo que apenas na história, e também de Silver Sonic, a primeira versão “de metal” do herói. O VELHO E O NOVO SE MISTURAM! Diferente…

“Tiny Toon Adventures: Buster Hidden´s Treasure”: relembre o “Sonic do Perninha”

Há um jogo para o Mega Drive cujo protagonista é azul, atinge altas velocidades e passa por sessões de plataforma no melhor estilo “correr-e-pular” para enfrentar as maldades de um cientista louco. Evidente que estamos falando do Sonic, certo? Errado! Este é “Tiny Toon Adventures: Buster´s Hidden Treasure” desenvolvido e publicado pela Konami em 1993 para promover o desenho animado. SONIC DO PERNINHA https://www.youtube.com/watch?v=HQnie6E7W2U Com visível inspiração nos jogos do ouriço, ele utiliza exatamente a mesma fórmula: você pula na cabeça dos inimigos, usa molas para te impulsionar para cima e corre por cenários laterais até chegar ao final da fase. De diferente, há um estímulo maior à exploração, já que um mesmo cenário pode ter vários finais (para chegar ao fim você precisa encontrar o personagem Gogo Dodo) resultando em fases diferentes, além de haver um mapa do mundo que mostra o seu progresso, podendo ir e voltar nos…

Landstalker – Clássico RPG de ação em visão isométrica

Como dito no review de “Crusader of Centy”, há três jogos do Mega Drive do gênero RPG de ação que podem ser considerados a tríade clássica. O game citado, “Beyond Oasis”, que também tem uma análise aqui no blog e o “Landstalker”, o último que faltava a aparecer por aqui. Como vários títulos do Mega, este também tem bastidores interessantes: foi desenvolvido pela Climax Entertainment em parceria com a SEGA, nos mesmos moldes de Shining Force. Tanto que a ideia original era que este fosse mais um capítulo da saga “Shining”, com o subtítulo “Rogue”, dando continuidade as aventuras do Max. No entanto, o projeto acabou se distanciando muito de um título da série e acabou recebendo algumas mudanças e um novo nome: “Landstalker”. VISUAL E TRILHA SONORA FANTÁSTICOS https://youtu.be/PY9MrIXvKbE Utilizando visão isométrica para dar impressão de profundidade, o visual de “Landstalker” entra facilmente nos melhores do Mega Drive, sendo…