Tag

Sega CD

Browsing

Com mais de 20 mil jogos, americano entra para o Guinness com a maior coleção de games do mundo

Antonio Romero Monteiro, um colecionador do Texas, Estados Unidos, entrou para o livro dos recordes Guinness World Records como recordista mundial com a maior coleção de games do mundo, com mais de 20 mil jogos de vários sistemas – e claro, muitos deles da Sega! De acordo com o Guinness, Monteiro possui mais videogames do que qualquer outra pessoa no planeta, incluindo coleções completas de bibliotecas de jogos. Entre as suas coleções completas, norte-americanas, estão os sistemas: PS2, PSP, Xbox, Xbox 360, PS Vita, Wii U, GameCube, Wii, Game Gear, Dreamcast, Mega Drive, Atari Jaguar, Sega 32X, Sega CD, Saturn, Game Boy, Game Boy Advance, Super Nintendo, Nintendo e Game Boy Color. Confira abaixo alguns destaques de sua incrível coleção: Game Gear / Dreamcast / Mega Drive Na parte superior está a coleção de Game Gear; logo abaixo a coleção de Dreamcast; abaixo mais jogos de Game Gear; e as…

Mickey Mania – Contando a história do camundongo mais famoso do mundo!

Mickey Mania: The Timeless Adventures of Mickey Mouse é um game desenvolvido pela Traveller´s Tales em parceria com a Disney, diferente dos outros games do personagem que eram desenvolvidos pela própria SEGA ou pela Capcom. Lançado para diversas plataformas 16 bits da época, o que inclui os consoles da SEGA: Mega Drive e SEGA CD, a ideia original era que o jogo viesse para comemorar os 65 anos do personagem. No entanto, como os desenvolvedores teriam o curto prazo de seis meses de desenvolvimento, eles acharam melhor descartar a ideia e passaram a recriar os eventos mais importantes do famoso camundongo da Disney em forma de jogo. Por isso, ele acabou sendo lançado em 1994, um ano após os 65 anos do Mickey. Rumores apontam que o sucesso do título acabou levando a Traveller´s Tales a fechar parceria com a própria SEGA, que eventualmente lançou vários games do Sonic, e…

Mortal Kombat – Violência e polêmica marcam primeiro jogo da série

Dispensando apresentações, o primeiro Mortal Kombat ficou famoso em seus primórdios por utilizar atores digitalizados para representar os personagens que, somado ao alto nível de violência, acabou gerando polêmica. Isso porque, na época, videogame era considerado pelos adultos uma espécie de brinquedo focado nas crianças e não uma mídia interativa como é vista hoje em dia. Por isso, um jogo onde saía sangue, “cabeça explodindo” e personagens sendo decepados era algo que muita gente acabava “torcendo o nariz”. Este game, aliado ao também polêmico Night Trap lançado para o SEGA CD, levaram a criação do órgão classificador ESBR, que indicava qual faixa etária era adequada para tal jogo. Era o “primeiro passo” para que os games deixassem de ser apenas “coisa de criança”. UM POUCO DE HISTÓRIA https://youtu.be/ilJPjcPVA_U O jogo original, produzido pela Midway ,teve seu desenvolvimento iniciado em 1991 com apenas quatro pessoas: Ed Boon na programação, John Tobias…

Viaje no tempo com “Sonic CD”, agora disponível gratuitamente no Sega Forever!

“Sonic CD”, considerado por muitos fãs como o melhor game do ouriço da geração 2D, está agora disponível gratuitamente no serviço para dispositivos móveis Sega Forever. Lançado originalmente em 1993 para o dispositivo Sega CD, o game logo se tornou o favorito do sistema com mais de 1,5 milhão de unidades vendidas (o título mais vendido na história do Sega CD). O jogo trouxe algumas novidades para a franquia, como a possibilidade de se  viajar no tempo e encontrar diferentes cenários no passado, presente e futuro. O jogo também trouxe pela primeira vez cenas animadas do ouriço, apresentou os personagens Amy Rose e Metal Sonic e conta com dois finais diferentes para a aventura. E você sabia que “Sonic CD” foi o primeiro jogo que apresentou o Sonic falando: deixe-o parado por três minutos para ouvi-lo! Em 2011 o jogo ganhou uma remasterização em alta definição por Christian Whitehead (essa…

Confira dois games criados por Hideo Kojima e lançados em consoles da Sega!

Hideo Kojima, um dos mais famosos game designers da atualidade, tem presença confirmada no evento Brasil Game Show nos dias 11, 12 e 13 de outubro, onde poderá ser encontrado em diversas ocasiões no local – confira a agenda completa. Conhecido principalmente pela franquia best-seller Metal Gear Solid, Kojima cravou seu nome na indústria de games ao inovar o mercado com o gênero furtivo e o uso de narrativas complexas – explorando como ninguém uma representação cinematográfica em jogos de grande escala. Mas MGS não é a única franquia pela qual Kojima se aventurou, inclusive com alguns games lançados para consoles da Sega! Vamos relembrar de dois clássicos dele? Snatcher O clássico cyberpunk lançado originalmente para as plataformas PC-88 e MSX2 em 1988, chegou apenas no Sega CD em 1994 (ironicamente apenas nos EUA e Europa, e não no Japão), baseada em uma versão lançada antes no PC-Engine, em 1992.…

‘Night Trap’ ganha documentário em comemoração dos seus 25 anos; relançamento em HD está marcado para 15/08

O canal do YouTube “My Life in Gaming” postou recentemente um documentário que fala com detalhes sobre a produção do jogo “Night Trap”, um dos grandes clássicos do Sega CD, em comemoração dos seus 25 anos de lançamento. Além de entrevistas com James Riley, diretor e cocriador do jogo, o vídeo de cerca de 50 minutos aborda o cenário gamer da época, que introduzia animações (como Dragon’s Lair) e filmes como games interativos – um gênero que se destacou no Sega CD – e as polêmicas consideradas por políticos da época como “conteúdo adulto” e “inapropriado para crianças”. O título foi uma das razões para a criação do ESRB (Entertainment Software Rating Board), o sistema de classificação etária usado na América do Norte até hoje. Outro título que “ajudou” um pouco nesta questão foi o Mortal Kombat. Confira abaixo o documentário (sem legendas em português): https://www.youtube.com/watch?v=df2zptiviBo Além disso, a Screaming…

Bem-Vindo à Próxima Fase!

Famoso slogan usado pela Sega/Tec Toy nos anos 90, substituindo o também popular “Genesis does what Nintendon’t” (Genesis faz o que  Nintendo não faz), criado pelo lendário ex-CEO da Sega of America, Tom Kalinske. O material promocional acima, por exemplo, foi usado no lançamento do Sega CD.