Tag

Streets of Rage

Browsing

Sonic The Comic – A série oficial de HQs britânica com personagens da Sega!

Os gibis do Sonic da Archie Comics (que recentemente encerrou suas atividades e passou a bola para outra editora) certamente são os mais conhecidos entre os fãs, mas vocês sabiam que outros games clássicos da Sega também tiveram suas aventuras em páginas de histórias em quadrinhos oficiais? Pois é, tudo graças à revista Sonic The Comic (ou apenas STC), uma série de quadrinhos oficial da Sega do Reino Unido e publicado pela Editora Fleetway (hoje Egmont Comics). Fez muito sucesso na região com mais de 220 edições publicadas entre 1993 e 2002. primeira edição da STC, lançada em 29 de maio de 1993 Como o nome já revela, a revista dava grande destaque ao ouriço azul, porém outros personagens de jogos clássicos também apareciam, como Streets of Rage, Kid Chameleon, Golden Axe, Shinobi, Ecco, Decap Attack, entre outros. Eram quatro histórias por edição (escritas e desenhadas por diferentes artistas), sendo…

‘Streets of Rage’ chega ao Sega Forever com multiplayer entre Android e iOS

Um dos maiores clássicos de pancadaria 2D da história finalmente chega gratuitamente nesta quarta-feira (6) ao Sega Forever, serviço que disponibiliza jogos clássicos da empresa para dispositivos móveis. Disponível para os sistemas Android e iOS, “Streets of Rage” foi lançado originalmente em 1991 para o Mega Drive, ganhando posteriormente versões para Master System e Game Gear. Além de ser um jogo muito divertido, recebeu grande destaque pela sua maravilhosa trilha sonora composta por Yuzo Koshiro – saiba mais sobre o game em nosso post especial! A história gira em torno de três ex-policiais (Axel, Adam e Blaze), uma cidade à beira do caos e um senhor do crime conhecido apenas como Sr. X. Arme-se com facas, garrafas e canos e lute em oito ambientes urbanos cheios de bandidos com o objetivo de restaurar a ordem à cidade. Implacável, explosivo e viciante, “Streets of Rage” é um dos grandes clássicos dos…

10 jogos de Mega Drive que precisam receber o tratamento dado em Sonic Mania

O mais bem avaliado título de Sonic em 15 anos mostrou que a Sega acertou na mosca ao fornecer suporte para um grupo de fãs apaixonados desenvolver Sonic Mania. O sucesso do game está aí para comprovar isso. Além disso, um dos melhores jogos lançados este ano, Sonic Mania provou que para uma franquia consagrada receber uma sequência de qualidade não é necessário mudar radicalmente os seus aspectos. O novo game do ouriço apresenta o gráfico praticamente idêntico aos dos títulos para Mega Drive, acrescido é claro de algumas melhorias visuais e artísticas bem sutis, que não tiram sua identidade. Isso sem falar na jogabilidade e trilha sonora, que ficaram tão bons quanto nos jogos clássicos. Com esta receita em mãos, a Sega poderia muito bem aplicá-la em outros de seus games consagrados, que fizeram bastante sucesso anos atrás. Há pessoas, inclusive aqui na Tectoy, que literalmente atirariam dinheiro no monitor…

The Take Over, um “sucessor espiritual” de Streets of Rage já disponível no Steam, é anunciado para Switch

Lançado na rede digital Steam em fevereiro de 2016, “The Take Over” pode ser considerado um “sucessor espiritual” do clássico de pancadaria da Sega “Streets of Rage”. O jogo ainda não está completo, mas já está disponível via Acesso Antecipado por apenas R$ 21,99. Apesar de seguir as essências dos beat’em up 2D, o título oferece um visual mais modernizado, com cenários de fundo em 3D, sprites pré-renderizados em alta definição e sistema de combos mais elaborado. E agora a boa notícia é que a própria produtora anunciou em seu Twitter que o jogo será lançado em breve no Switch! Confira o trailer do jogo abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=iFz6GxUnM00

Fãs de Belo Horizonte criam curta live-action inspirado em ‘Streets of Rage’

A Bigboss Produções, especializada em produções de cosplays e filmagens, lançou no ano passado um curta-metragem live-action muito legal inspirado no clássico “Streets of Rage”. Gravado nas ruas de Belo Horizonte, o vídeo conta com a personificação dos três personagens principais Adam Hunter (Welbert Rodrigo), Axel Stone (Ricardo Assis, que também dirigiu o vídeo), Blaze Fielding (Thamires Selene) e de vários figurantes e até alguns chefões, todos inspirados no jogo é claro. “Eu sempre gostei do game, amava jogar e a trilha sonora. E por mais engraçado que pareça, eu brincava com meu primo que um dia seríamos como os personagens do jogo e protegeríamos a cidade dos bandidos”, explicou Ricardo Assis ao blog Tectoy. Sobre as dificuldades de fazer um vídeo amador, Assis comentou que “Gravações externas são sempre complicadas por causa de curiosos, já que não temos verba fazemos para fechar locações para filmagens, então aparecem muitas pessoas curiosas…

5 jogos de Mega Drive que adoraríamos ver um remake

Ah, os bons tempos na infância jogando Mega Drive na frente de uma bela televisão de tubo. Quem não sente saudade dessa época, hein? A quantidade de jogos com qualidade era bem vasta e muitos de nós tínhamos tempo de sobra para jogá-los. Alguns destes gloriosos títulos até mesmo receberam novas versões em consoles que chegaram muitos anos depois, como por exemplo Castle of Illusion, que ganhou um remake feito pelas mãos da própria Sega, que também desenvolveu o jogo original. Há diversos outros jogos memoráveis do Mega Drive os quais bem que poderiam ganhar o mesmo tratamento. A lista abaixo contém cinco deles: 1 – Quackshot Estrelando um Pato Donald com pinta de Indiana Jones, este é um dos títulos envolvendo personagens da Disney mais lembrados do Mega Drive, no qual o famoso pato juntamente com seus sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luizinho viajam o mundo em busca de tesouros…

Gameplays do Mega Drive da Tectoy numa TV de Tubo

Para os jogadores que querem saber mais sobre o novo Mega Drive (lançado recentemente pela Tectoy), separamos aqui diversos vídeos com gameplays capturados diretamente da tela de uma TV de tubo de 14 polegadas. Assim o jogador pode ver, nos mínimos detalhes, o que o sistema pode fazer. Os jogos estão rodando em forma de cartucho e/ou no formato ROM, demonstrando que o console já está pronto para o uso de todo e qualquer fã do Mega Drive. Vamos dar uma olhada no trabalho da Tectoy nestas gameplays exclusivas: https://youtu.be/uOIUfR7iIzs Sub-Terrania Título desenvolvido pela Zyrinx e publicado pela Scavenger em 1993, onde o jogador controla uma espécie de nave num cenário subterrâneo. Tenha cuidado com a gravidade, pois ela fará o jogo se tornar bem difícil em seus controles. https://youtu.be/oteOTepKu1Y Golden Axe II Continuação do clássico lançado anteriormente, o título traz de volta Ax Battler, Tyris Flare e Gilius Thunderhead…

Ocidente vs Oriente: A Confusão de Capas e Nomes!

Hoje em dia, graças ao avanço tecnológico e à globalização, os mais variados produtos seguem uma padronização massificada nos diferentes mercados mundiais, o que claro inclui os jogos de videogames. Um mesmo jogo, por exemplo, pode ser lançado em diferentes países de forma simultânea, ou com poucos dias de diferença, alterando-se apenas a sua localização para o idioma desejado – em alguns casos, o próprio jogo já oferece várias opções de idiomas. Mas lá nos “jurássicos” anos 80/90 as coisas eram bem diferentes. Cada mercado tinha grandes diferenças e variações culturais entre si, sem as opções da “informação instantânea” que a internet nos proporciona hoje. Naquela época o Japão era o principal fornecedor de games, sendo que muitos desses títulos tinham várias referências à cultura oriental, que não era muito difundida no ocidente. Além de levar meses para chegar ao outro lado do mundo, vários jogos sofriam “adaptações” para o público…

Mestre das Conversões: os 5 jogos de Mega Drive que fizeram bonito no Master System

Durante toda a sua vida ativa, e além, o Master System recebeu inúmeros games que fizeram dele um dos consoles mais queridos pelo público brasileiro. Entre vários títulos exclusivos, o console também recebeu várias conversões de jogos que fizeram sucesso antes no seu irmão mais novo e poderoso de 16 Bits. Alguns tentavam ser o mais fiel possível, enquanto outros buscavam inovar e apresentar novidades e elementos exclusivos para o nosso querido 8 Bits. Claro que, com capacidades bem inferiores ao do Mega Drive, os desenvolvedores além de competentes, tinham que ser criativos para entregar um jogo de qualidade e não apenas uma “versão preguiçosa para ganhar uns trocados”. Felizmente o Master System contou com várias adaptações de qualidade, sendo que selecionamos cinco para a apreciação/recordação dos nossos leitores. Aproveitem e comentem sobre as lembranças destes, ou de outros games que não estão nesta lista, na seção de comentários! Sonic…

“Altered Beast” e “Streets of Rage” ganharão adaptação para cinema e TV

De acordo com informações do site Variety, a empresa Stories International, pertencente ao grupo SEGA, e a gerenciadora Circle of Confusion, que produz seriados como “Fear The Walking Dead” e “Outcast”, firmaram uma parceria para adaptar para o cinema e televisão os clássicos games “Altered Beast” e “Streets of Rage”. Tomoya Suzuki, presidente e CEO da Stories International, irá produzir junto com Lawrence Mattis e Julian Rosenberg, da Circle of Confusion. Outros projetos com franquias da Sega ainda estão nos planos da Stories, como “Shinobi”, “Golden Axe”, “Virtua Fighter”, “The House of the Dead” e “Crazy Taxi”. No momento, as empresas procuram estúdios, produtores e cineastas para o desenvolvimento dos projetos. “Estas são franquias de games da Sega muito amadas, e nós estamos ansiosos em trabalhar com a Stories para adaptá-las em franquias de filmes e televisão”, disse Mattis. Infelizmente ainda não há previsão de estreia ou mais detalhes sobre…

Streets of Rage – O clássico de pancadaria do Mega Drive!

Muitos jogadores devem concordar que um dos maiores clássicos que o Mega Drive tem em sua biblioteca de jogos é o de pancadaria “Streets of Rage” (Bare Knuckle no original em japonês – leia aqui algumas curiosidades sobre ele e uma entrevista com o seu diretor) – quem não se lembra do trio Axel, Adam e Blaze quebrando o pau nas ruas da cidade para derrotar um sindicato criminoso que está aterrorizando a todos? A história não prima pela originalidade (seguindo o padrão de vários filmes americanos dos anos 80/90), mas cumpre o seu papel em um game beat’m up e tem um desenrolar bastante bom durante o jogo. A introdução nos mostra que uma cidade já foi um lugar feliz e tranquilo, até que um dia uma poderosa organização criminosa tomou conta. O líder deste sindicato conseguiu se manter no anonimato, e de longe controla o governo e até mesmo…

Confira entrevista com diretor de “The Revenge of Shinobi” e “Streets of Rage”

“The Revenge of Shinobi” e “Streets of Rage” são com certeza dois clássicos absolutos do Mega Drive, que além do console, compartilham outra coisa: o nome de Noriyoshi Ohba, que foi o diretor de ambos os jogos. Ele iniciou sua carreira de game designer em 1987 quando começou a trabalhar na Sega, sendo o seu primeiro trabalho o título “Wonder Boy in Monster Land” para o Master System. Mas o seu grande momento veio mesmo com “The Revenge of Shinobi” lançado em 1991 e introduzindo o ninja Joe Musashi no 16 Bits da Sega. Logo após começou outro projeto e em 1991 emplacou outro sucesso, “Streets of Rage” – ele dirigiu também as outras duas sequências. Ohba ainda trabalhou nos games “Clockwork Knight”, “Sakura Wars”, “Nights into Dreams”, “Skies of Arcadia” para Saturn/Dreamcast, entre outros, até deixar a Sega em 2004 e trabalhar em outras empresas até que em 2010 se…

Chuck Norris estrelando “Streets of Rage”? Quase isso! Conheça esta incrível história

“Streets of Rage” (ou Bare Knuckle, como é mais conhecido no Japão), é um dos maiores clássicos dos games de pancadaria 2D, os famosos beat’m up, que foi lançado em 1991 para o Mega Drive para concorrer com o também clássico “Final Fight“, lançado nos arcades pela Capcom em 1989 e exclusivamente no Super Nintendo no ano seguinte. O sucesso foi gigantesco e SoR ganhou mais duas excelentes sequências, ainda na época dos 16 Bits, e infelizmente desde então a série ficou esquecida nos arquivos da Sega. Mas agora, graças ao livro “Sega Mega Drive/Genesis: Collected Works” , novas histórias sobre o desenvolvimento e criação do primeiro jogo apareceram na internet, depois de mais de 20 anos do seu surgimento. Vem conosco e confira curiosidades sobre o início desse jogo inesquecível. projeto de SoR, então batizado de D-Swat Conceitos Tudo começou no início dos anos 90 com a contratação do…

Trilhas sonoras de Streets of Rage, Golden Axe, OutRun e outros recebem LPs remasterizados

Atenção fãs de trilhas sonoras da Sega e dos “bolachões” LPs (os nostálgicos discos de vinil), pois a empresa fonográfica inglesa Data Disc, em parceria com a Sega, lançou no final de 2015, remasterizações dos dois primeiros clássicos de pancadaria “Streets of Rage” – que estão entre os melhores de todos os tempos na história musical dos games. Mas a notícia fica ainda melhor, pois além de “Streets of Rage”, outros clássicos como Golden Axe 1 e 2, Shinobi III (já esgotado), OutRun e Shenmue também estão disponíveis, pelo preço de £19.99 (cerca de R$ 83, na cotação do dia). Certamente itens obrigatórios para colecionadores e fãs da Sega. Você pode comprar os LPs no site oficial da Data Disc (pode inclusive ouvir o trecho de algumas músicas). Confira abaixo as belíssimas capas dos LPs:

Narcos – Pablo Escobar aparece jogando Mega Drive na série

A série “Narcos” é um dos mais recentes sucessos da rede de streaming Netflix, estrelada pelo brasileiro Wagner Moura e que conta a história do famoso narcotraficante Pablo Escobar. A segunda temporada foi disponibilizada no início de setembro e um dos episódios tem um momento de pura nostalgia para os gamers e fãs da Sega e do Mega Drive: em cena do segundo episódio, intitulado “A Espada de Simón Bolívar”, Escobar aparece jogando o clássico de pancadaria “Streets of Rage” do Megão, junto com o seu filho Juan Pablo. O jogo foi lançado pela Sega em 1991, mesmo época em que se passa a história da série. Confira o momento em que “Streets of Rage” aparece na série no vídeo abaixo: