Atualmente os serviços de distribuições digitais são um setor de grande importância para as empresas de videogames, e pouco a pouco estão ganhando a preferência dos jogadores, que estão deixando de lado os produtos físicos.

Muitos utilizam serviços digitais como Steam, Live e PSN, mas o que poucos devem se lembrar é que a própria Sega lançou um serviço semelhante e revolucionário para a época (a década de 1990) para ser usado no Mega Drive. Apresentamos o Sega Channel!

Serviço Digital Da Sega

O SEGA Channel foi concebido como um meio de distribuir jogos para o Mega Drive por meio digital, ao invés de usar os cartuchos físicos, pela transmissão de dados através da televisão a cabo (e não pela internet, como utilizada hoje).

O serviço foi lançado nos Estados Unidos em 1994, e tinha como objetivo oferecer aos seus usuários a possibilidade de jogar jogos completos, ou ainda de testar demos de títulos que só seriam lançados em alguns meses.

Os jogadores pagariam uma mensalidade e ganharia acesso a uma grande biblioteca de jogos.

Imagem: canal 8 Bit Flashback

Uma Estação Online de Jogos

Mas como funcionava esse tal de Sega Channel? Muito simples, além do console em si, eram necessários um contrato com uma provedora de TV a cabo e um cartucho especial que era acoplado ao console.

Assim, os dados digitais seriam transmitidos pelo provedor de cabo e recebidos pelo cartucho Sega Channel, que por sua vez faria a conversão para seu código de programa – de forma parecida com um canal de televisão comum.

Como visto no diagrama abaixo (via SegaRetro), havia vários sinais envolvidos na transmissão do Sega Channel, na época todos analógicos, e portanto, suscetíveis a ruídos e distorções na transmissão.

Ao requisitar um jogo usando o Sega Channel, o assinante então espera uma sincronização do sinal com o pedido e então o jogo era baixado e armazenado na memória RAM do sistema.

No entanto, nada era salvo permanentemente – se o usuário desligasse o console, todos os dados salvos seriam perdidos e o jogo teria que ser baixado novamente.

Confira no vídeo abaixo, divulgado pela canal 8 Bit Flashback, o funcionamento e os vários menus e jogos disponíveis no serviço:

Conteúdo

Além dos jogos completos, o Sega Channel oferecia outras opções para os assinantes, como o Test Drive, uma jogatina de jogos já lançados ou que estavam por sair por tempo limitado.

Assim como acontece atualmente com alguns títulos nos consoles modernos, o jogo contava com um temporizador, que resetava o game após o seu término – mas o jogador poderia jogar novamente quantas vezes quisesse.

Jogos de ação duravam 20 minutos enquanto que jogos de RPG ofereciam até 30 minutos.

sega_channel_demo_cartridge_4

E no Brasil?

Infelizmente não tivemos aqui no Brasil um serviço tão completo quanto o Sega Channel, mas a TecToy lançou dois serviços online igualmente revolucionários para a época.

O primeiro foi o Mega Net, um cartucho especial que tinha um cabo que se ligava na linha telefônica e permitia ao usuário acessar conteúdo online  pela TV, como mandar e receber e-mails e ler revistas eletrônicas como a TecToy News. O Brasil também recebeu o Mega Net 2, que tinha como grande diferencial permitir partidas online entre os jogadores, em tempo real e cada um em sua casa – e com direito a ranking online! Bem legal, não é?

O segundo serviço foi o TeleBradesco Residência, o qual permitia aos jogadores (ou os seus pais) acessarem a sua conta do Bradesco através da linha telefônica – um serviço muito bem-vindo para quem não queria enfrentar fila de banco só para consultar saldos ou extratos.

Confira abaixo alguns comercias da TecToy para o Mega Net: