Durante toda a sua vida ativa, e além, o Master System recebeu inúmeros games que fizeram dele um dos consoles mais queridos pelo público brasileiro. Entre vários títulos exclusivos, o console também recebeu várias conversões de jogos que fizeram sucesso antes no seu irmão mais novo e poderoso de 16 Bits.

Alguns tentavam ser o mais fiel possível, enquanto outros buscavam inovar e apresentar novidades e elementos exclusivos para o nosso querido 8 Bits. Claro que, com capacidades bem inferiores ao do Mega Drive, os desenvolvedores além de competentes, tinham que ser criativos para entregar um jogo de qualidade e não apenas uma “versão preguiçosa para ganhar uns trocados“.

Felizmente o Master System contou com várias adaptações de qualidade, sendo que selecionamos cinco para a apreciação/recordação dos nossos leitores. Aproveitem e comentem sobre as lembranças destes, ou de outros games que não estão nesta lista, na seção de comentários!

Sonic The Hedgehog

sonic-the-hedgehog-05

O azulão abalou a indústria de videogames quando chegou ao Mega Drive em 1991 – saiba mais dessa história clicando aqui – e alguns meses depois chegou também no Master System, em uma aventura inédita (e não menos impressionante) na plataforma 8-Bits. Bem similar à versão do Mega, ela traz alguns layouts novos para os cenários. O jogo foi desenvolvido pela Sega em parceria com o estúdio Ancient, fundado pelo lendário compositor Yuzo Koshiro (sim, aquele mesmo dos games Shinobi e Streets of Rage) – foi o primeiro trabalho da sua companhia.

Streets of Rage

streets-of-rage-04

Um dos maiores clássicos dos jogos de pancadaria 2D, “Streets of Rage” chegou ao Mega Drive em 1991 – mais detalhes do jogo aqui – e logo se tornou um dos preferidos da galera. Mas os donos do Master System só puderam conferir a sua versão 8 Bits apenas em 1993, alguns meses depois da versão do Game Gear ser lançada. Mas a espera valeu a pena, além de oferecer os três personagens principais (infelizmente sem multiplayer simultâneo) e o especial com o policial no carro, adaptou bem os 8 cenários originais e a famosa trilha sonora de Yuzo Koshiro – e com direito a um chefão exclusivo na sexta fase!

Golden Axe

golden-axe-09

O clássico dos arcades ganhou vida no Mega Drive em 1989 – veja aqui história completa – e alguns meses depois chegava também no Master System. Em sua versão 8-Bits o jogo é apenas para um jogador e há somente um personagem chamado Tarik (com a aparência de Ax Battler) que pode ser selecionado – mas é possível escolher o tipo de magia a ser usada: Fire, Thunder e Earth. Fora isso, a versão é bem parecida com a do arcade/Mega Drive: salve Yuria do terrível Death Adder, que roubou o poderoso Machado Dourado, em um total de cinco cenários. Os gráficos para o padrão do Master System impressionam, com personagens bem grandes e detalhados na tela, assim como os efeitos especiais das magias. Como a versão do Master possui um personagem exclusivo, o final dele também é bem diferente das outras versões, assemelhando-se bastante ao filme “Conan: O Bárbaro” – se você sempre se perguntou o porquê do jogo ter uma impressionante tela de abertura com um guerreiro usando um machado, sendo que no game o personagem usa uma espada, basta chegar ao final da aventura.

Castle of Illusion Starring Mickey Mouse

mickey-mouse-castle-of-illusion-04

Não era apenas no Mega Drive que os jogos Disney apresentavam uma excelente qualidade audiovisual. “Castle Of Illusion”, que chegou no Master System um ano depois do seu lançamento original – saiba mais clicando aqui – , é um perfeito exemplo de como se aproveitar as capacidades limitadas de hardware do console: apesar de baseado na versão do Mega, a sua versão 8 Bits apresenta cenários e layouts novos e exclusivos, que não tentam “imitar” o original, e sim criar algo novo de acordo com os limites do aparelho. Sem dúvida, um dos melhores títulos do Master System!

Street Fighter II

street-fighter-2-10

“Street Fighter II” foi um dos jogos mais importantes da década de 90, sendo que o Mega Drive contou com dois títulos. O Master System só viria a ter a sua versão em 1997, quando a própria Tectoy desenvolveu o game para o console. Uma curiosidade: para conseguir a licença da Capcom para lançar o jogo, a Tectoy apresentou o título para um representante da empresa, mas escondeu o Master System e deu a ele um controle do Mega Drive. Obviamente ele achou o jogo fraco para um 16 Bits, mas quando viu que estava jogando no 8 Bits, ficou tão impressionado que disse: “Nunca vi alguém aproveitar tanto os processadores do Master System como vocês fizeram“. E assim a Capcom liberou a licença oficial do jogo, que foi lançado apenas no Brasil.

Agora é a sua Vez

Queremos saber sua opinião sobre estes games, ou outros não listados, aqui nos comentários!

  • Leonardo Fabrício da Rosa

    Eu ainda tenho meu Master system III (que é o meu xodó e não vendo nem troco por nada nesse mundo kkk) que ganhei do meu tio com o qual pude conhecer a magia dos games,o que ajudou e muito na minha criatividade e o Sonic foi o primeiro,junto com Bart vs The world e eles foram os únicos games que tive por muitos anos (até o ano passado pra ser bem sincero,que foi quando puder começar a fazer crescer a minha coleção) e nunca me enjoei de nenhum deles,principalmente do Sonic que sempre foi o meu favorito e eu nunca imaginei que ele fosse uma “adaptação” do de mega drive.

  • Joao Silva

    Não concordo com o Golden Axe….o jogo no Master era horrível, parecia rodar a 10 fps no máximo…

  • Fagner Ferraz

    boa lista, também teve outra boa adaptação, o Road Rash, inclusive, vou estar upando um video sobre ele hoje no meu canal retro de master system….kkkk…..https://www.youtube.com/c/mastergamesfagnerferrazbg

    • Jorge Schaefer

      Road Rash ficou impressionante no Master mesmo!.

  • Kzduardo Oliveira

    Concordo com todos menos street fighter. Só é bonito nas imagens rs

    Moonwalker e Ghouls n Ghosts sao otimos no Master.