Tag

Slider

Browsing

Franquia Sonic The Hedgehog alcança 800 milhões de unidades vendidas

Sonic e seus amigos estão correndo a toda velocidade em direção ao seu primeiro bilhão de unidades vendidas, segundo relatório de vendas recentemente divulgado pela Sega. Os números revelam que a franquia Sonic The Hedgehog já atingiu a marca de 800 milhões de unidades vendidas desde a estreia do seu primeiro game para o Mega Drive, em 1991. O relatório também destaca outras franquias como Persona e Yakuza, que venderam 9,3 e 11 milhões ao redor do mundo respectivamente, enquanto Puyo Puyo alcançou os 27 milhões de unidades. E falando em Yakuza, a série parece que finalmente está ganhando mais atenção dos jogadores ocidentais. Aparentemente, o recente lançamento de Yakuza 6 vendeu tantas cópias no oeste quanto no Japão, o que definitivamente não foi o caso dos títulos anteriores. “No passado, o mercado japonês gerou a maior parte das vendas para essas séries, embora tenha elementos que são atraentes para…

Brasil Game Show: como foi o primeiro dia?

O Blog Tectoy esteve no primeiro dia da Brasil Game Show em São Paulo e tivemos a oportunidade de testar alguns games e conversar com pessoas influentes. Destaque vai para o encontro com o jornalista Luciano Amaral, mais conhecido entre os brasileiros por ter sido o Pedro do Castelo Rá-Tim-Bum e o Lucas Silva e Silva de O Mundo da Lua. Outra pessoa influente que encontramos foi o YouTuber Júlio Cesar Marins, mais conhecido como Rockman-Kun, famoso por fazer transmissões ao vivo de diversos jogos, em especial da série Mega Man. Quando questionado se ele recomendava o recente lançamento Mega Man 11, ele disse que é um excelente título para os fãs da série, possuindo todos os elementos que fazem um bom game de Mega Man, devendo apenas  em  longevidade e em história. Já no estande do canal Warpzone, tivemos a oportunidade de testar o game homônimo que está sendo…

Shining Force II – O melhor RPG tático do Mega Drive | Análise

Assim como aconteceu com o Shining in The Darkness e o primeiro Force, que já tem análise aqui no blog,  Shining Force II recebeu o mesmo baixo investimento da SEGA, só que dessa vez sob uma ameaça: se o jogo não rendesse o mesmo sucesso dos dois anteriores, a empresa iria desativar as atividades do estúdio. Com isso, houve forte pressão para a equipe Sonic Software, que dessa vez não contou com a ajuda da Climax Entertainment, para levar um produto de qualidade ao mercado. A ideia para fazer um bom jogo era simples: pegar tudo que o primeiro fez certo e melhorar, corrigindo também os defeitos. “TURBINANDO” O QUE JÁ ERA ÓTIMO! https://www.youtube.com/watch?v=aPvcSyD4MSk Se no primeiro Shining Force a história foi criticada por ter pouco desenvolvimento, neste a equipe tratou de caprichar mais, mesmo mantendo a premissa básica e clichê de “precisamos salvar a princesa derrotando um vilão malvado que…

Joystick de 6 botões chegou! Porrada neles!

Vocês pediram, e a Tectoy escutou. Uma edição limitada do tão aguardado joystick de seis botões do console. Saiba mais detalhes do produto neste link. O Joystick White Version na cor branca foi pensado para fazer um contraponto com a cor escura original do console Mega Drive, destacando o produto dentro de sua casa, e que também homenageia a edição branca do Mega Drive III, lançado na primeira década dos anos 2000 – além, claro, de agora virar um item de colecionador também. Como vocês já sabem, há vários jogos que ficam melhores utilizando o joystick de seis botões e o Blog Tectoy separou alguns desses clássicos, confira abaixo: Street Fighter II: Champion Edition e Super Street Fighter II O jogo de luta que deu origem ao controle de seis botões e que agora pode ser apreciado em todo o seu potencial, assim como a sua sequência Super Street Fighter II! Mortal…

Shining Force: O “jogo velho” cheio de carisma

Após o sucesso de Shining in the Darkness, a SEGA deu a missão para os estúdios Sonic Company em parceria com a Climax Entertainment para produzirem mais um episódio da saga Shining. O primeiro game teve  investimento pequeno da SEGA, mas rendeu sucesso de público e crítica e os desenvolvedores acreditaram que dessa vez o orçamento seria maior, algo que não ocorreu. A ideia da empresa era repetir o sucesso fazendo o mesmo investimento. Mesmo com pouco dinheiro, a equipe se esforçou em levar um produto inovador e diferente dos RPGs da época. Já exploramos com mais detalhes os bastidores em um artigo próprio, mas vale lembrar que o produtor Shugo Takahashi dizia que a maioria dos games deste gênero focam em contar uma história interessante, com gameplay e batalhas em segundo lugar. A ideia de Shining Force é inverter essa lógica. Fazendo “milagres” com poucos recursos Diferente de In…

Shining in the Darkness – Labirintos 3D e alto desafio no primeiro game da série!

“Shining in the Darkness” é o primeiro jogo da cultuada série que marcou os jogadores de Mega Drive durante a década de 90. Lançado em 1991, foi desenvolvido em conjunto pela Sega, Sonic Software Planning (hoje conhecida como Camelot) e a extinta Climax Entertainment. No entanto, diferente do gênero RPG tático que fez a série famosa, “Shining in the Darkness” é um “dungeon crawl” em primeira pessoa, termo esse usado para designar jogos de RPG onde o jogador deve explorar labirintos em primeira pessoa, geralmente ambientado em um universo de fantasia, enfrentando criaturas e procurando tesouros escondidos – como os estágios de Phantasy Star do Master System! mapa central contendo as três principais áreas do jogo “Como estávamos com um orçamento tão apertado, além da programação e gráficos, eu fiz quase todo o trabalho [em Shining in the Darkness]. Eu suponho que o conceito básico para o jogo fosse o…

R-Type – Intensas batalhas espaciais na tela do Master System!

O Mega Drive era conhecido como a casa preferida dos jogos de navinha, mas o Master System também contava com suas pérolas no gênero, entre elas o clássico “R-Type”, jogo lançado originalmente pela Irem para arcades em 1987 e chegando ao 8 bits da Sega no ano seguinte. O jogo, que foi convertido para o sistema pela saudosa Compile (conhecida pelas séries Puyo Puyo e Power Strike/MUSHA/Aleste), realmente impressionou a todos na época pela sua fidelidade ao material original e o altíssimo nível de qualidade. Arcade vs Master System SALVE A GALÁXIA DOS ALIENS! A história segue a cartilha dos jogos desse gênero daquele tempo: terríveis criaturas de um plano dimensional desconhecido conhecidas como Império Bydo cruzaram a galáxia espalhando o caos e destruição, chegando ao nosso sistema solar no ano de 2163. Para impedir que a humanidade seja destruída, a Liga da Defesa da Terra criou a R-9, uma…

Joystick wireless e jogos por download? Conheça 10 pioneirismos do Atari 2600!

Por ter sido um dos pioneiros no mundo dos videogames, o Atari 2600 também trouxe inúmeras inovações que vemos até hoje nos consoles mais modernos. Controles sem fio, games por download e até mesmo jogos que estimulam atividades físicas fizeram parte da história deste lendário videogame. Pensando nisso, hoje nós do Blog Tectoy resolvemos trazer dez pioneirismos do Atari 2600. 1. Primeiro videogame a ter controles Wireless https://www.youtube.com/watch?v=Acy18dbv94o O Atari 2600 foi o primeiro videogame da história a ter controles sem fio. Lançados em 1983, o controle CX-42 usava ondas de rádio para transmissão de informações. 2. Pioneiro no download de jogos https://youtu.be/EhZ0VEmEKys Se o SEGA Channel já impressionava por ter conexão com a internet, saiba que no início dos anos 80 a Atari lançou um cartucho chamado “CVC GameLine” em que era possível baixar jogos através da linha telefônica. Segundo a propaganda, era possível jogar mais de 100 jogos…

Ranger-X – O jogo de mechas para Mega Drive!

Se você é fã de animes certamente deve estar familiarizado com o termo “mecha”, que se popularizou no Brasil nos anos 80/90 com a chegada de animações e tokusatsus que apresentavam “robôs gigantes” como Super Dimension Fortress Macross (ou Guerra das Galáxias, como ficou conhecido por aqui), Neon Genesis Evangelion, Robotech e Mobile Suit Gundam Wing, apenas para citar alguns. Toda essa introdução serviu para apresentar o gênero, que hoje é bem conhecido no mundo todo, e que ganhou grandes representantes também nos videogames, sendo um deles o tema da nossa matéria de hoje: o criativo Ranger-X para Mega Drive. O jogo foi o primeiro e único desenvolvido pelo estúdio Gau Entertainment, que foi fundado por ex-funcionários da Wolf Team e publicado pela própria Sega no ano de 1993. O título impressionou por apresentar uma jogabilidade extremamente diversificada e criativa, com gráficos incríveis e excelente trilha sonora. ASSUMA O CONTROLE…

Landstalker – Clássico RPG de ação em visão isométrica

Como dito no review de “Crusader of Centy”, há três jogos do Mega Drive do gênero RPG de ação que podem ser considerados a tríade clássica. O game citado, “Beyond Oasis”, que também tem uma análise aqui no blog e o “Landstalker”, o último que faltava a aparecer por aqui. Como vários títulos do Mega, este também tem bastidores interessantes: foi desenvolvido pela Climax Entertainment em parceria com a SEGA, nos mesmos moldes de Shining Force. Tanto que a ideia original era que este fosse mais um capítulo da saga “Shining”, com o subtítulo “Rogue”, dando continuidade as aventuras do Max. No entanto, o projeto acabou se distanciando muito de um título da série e acabou recebendo algumas mudanças e um novo nome: “Landstalker”. VISUAL E TRILHA SONORA FANTÁSTICOS https://youtu.be/PY9MrIXvKbE Utilizando visão isométrica para dar impressão de profundidade, o visual de “Landstalker” entra facilmente nos melhores do Mega Drive, sendo…